Novidades para os fãs da prestigiada série Mad Men

Mad Men (Divulgação)

Lançada pela primeira vez em 2007, a série Mad Men se tornou uma das mais prestigiadas e de maior sucesso da televisão americana. Protagonizada por Jon Hamm e grande elenco, a produção acompanhava os altos e baixos do universo das agências de publicidade na Nova Iorque dos anos 60.

Depois “The Big Bang Theory”, “Seinfeld”, “The Office” e “Friends”, agora “Mad Men” também entrará na mais do que acirrada disputa das plataformas de streaming. Os estúdios Lionsgate anunciaram recentemente que receberão novamente os direitos da série em 2020, e que eles entrarão no mercado em seguida para serem adquiridos pela maior oferta.

Segundo o CEO da Lionsgate, Michael Burns, a oportunidade será “interessante”. Isso em vista dos valores astronômicos que têm sido divulgados nas últimas semanas, com a Netflix pagando 500 milhões para exibir “Seinfeld” e logo em seguida a HBO Max desembolsando a bagatela de 1 bilhão por TBBT.

Mesmo sendo reconhecidamente uma produção de sucesso, os especialistas não prevem preços parecidos para “Mad Men”, exibida no canal AMC durante as suas sete temporadas, uma vez que não é tão popular quanto as demais séries mencionadas, apelando para um nicho bem menor de espectadores. É, de qualquer forma, uma produção de prestígio que sem dúvida será disputada pelas principais plataformas.

Quem leva?

Fora a própria Netflix, HOB Max, Amazon Prime, Apple TV Plus, Disney+ e Hulu, a série pode ainda parar no canal Starz, parte do conglomerado de entretenimento da Lionsgate. A audiência esperada para “Mad Men” é tanto dos fãs que acompanharam os episódios durante sua exibição original, quanto a nova geração que está descobrindo várias novidades através dos serviços streaming.

Não podemos, é claro, esquecer que para realmente fazer a diferença, é preciso também investir em conteúdo original, algo que boa parte do público considera como prioridade. A Netflix sozinha irá gastar o equivalente a 13 bilhões de dólares em novas séries e filmes como por exemplo a aguardada “The Witch”, enquanto a Amazon coloca todas as fichas na adaptação de “O Senhor dos Anéis”. E a guerra continua.

 

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.

bostancı escort