Novos nomes para guiarem saga Star Wars podem ter sido definidos

Star Wars: A Ascensão Skywalker (Divulgação)

Com a estreia do filme Star Wars: A Ascensão Skywalker, que tem data de lançamento para o próximo dia 19 de dezembro nos cinemas ao redor do mundo, a atual fase da saga terá sua participação nas telonas encerrada. Entretanto, a trilogia que vai dar adeus em breve ao público abrirá espaço para uma nova fase, que ainda não foi totalmente definida.

Apesar disso, o site de notícias de entretenimento The Hollywood Reporter revela que novos nomes para guiarem a saga Star Wars, criada por George Lucas, já foram definidos. Segundo o portal, Jon Favreau e Dave Filone vão ter papéis importantes no futuro de Star Wars nos cinemas. O primeiro deles é conhecido pelo live-action de O Rei Leão, lançado recentemente.

O segundo, por sua vez, tem longa tradição em Star Wars, atuando nos bastidores de produtos derivados, marcando presença, por exemplo, como produtor executivo da série de animação Star Wars: Rebels, exibida entre os anos de 2014 e 2018, tendo um total de 75 episódios levados ao ar e distribuídos em 4 temporadas. E não para por aí. Outro nome também desponta, segundo o THR, como uma peça-chave no futuro da Lucasfilm e de Star Wars.

Trata-se de Michelle Rejwan, vice-presidente de Desenvolvimento Live-Action da Lucasfilm. Ela está na companhia desde 2015 e ficou a cargo de produzir trabalhos como Star Wars: O Despertar da Força e Star Wars: A Ascensão Skywalker (que será lançado em breve), dirigidos por J. J. Abrams. Ela também já trabalhou com Abrams, diretamente em sua equipe de produção, por meio da produtora Bad Robot.

Esses nomes apontados pelo The Hollywood Reporter surgem em meio às posições da Disney sobre a saga Star Wars, atualmente sob comando da empresa do Mickey. O CEO da companhia, Bob Iger, afirmou que a Disney vai tomar cuidado com as produções. Depois de a Disney ser criticada e também fazer uma espécie de autocrítica sobre a velocidade com a qual colocou Star Wars de volta nos cinemas, a empresa prometeu ser cautelosa com as próximas produções da franquia criada por George Lucas.

Em entrevista concedida à BBC, Bob Iger explicou esse cuidado: “Eu disse publicamente que acho que fizemos e lançamos muitos filmes de Star Wars por um curto período de tempo. Eu não disse que eles foram decepcionantes de forma alguma. Eu não disse que estou decepcionado com o desempenho dele. Só acho que há algo tão especial em um filme de Star Wars e que, com isso, menos é mais”. Agora, de acordo com informações que circulam pela internet, o próximo filme de Star Wars deve chegar às telonas somente em 2022.

Possui Mestrado em Comunicação e Graduação em Jornalismo. Pesquisa cultura pop e também trabalha com o tema.

bostancı escort