Joaquin Phoenix
Joaquin Phoenix vive o vilão Coringa nas telonas (Reprodução/YouTube – Warner Bros. Pictures Brasil)

Interpretar o personagem título em O Coringa certamente não foi uma tarefa fácil, como o ator Joaquin Phoenix fez questão de deixar claro, porém novas declarações do diretor Todd Phillips apontam para um comportamento nada convencional de Phoenix no set de filmagens.

Em nova entrevista ao The New York Times, Phillips revelou que a equipe e o elenco do mais novo filme da DC tiveram que se acostumar com um tipo de reação estranha da parte de Joaquin durante as gravações, conhecido por ser um ator intenso e uma celebridade enigmática.

Apesar de ser um dos maiores talentos da sua geração, o diretor afirma que muitas vezes ele “perdia a compostura no set, e deixava os colegas de elenco sem saber o que fazer”. E ainda: “No meio de uma cena, ele simplesmente parava tudo e saía, e o coitado do outro ator achava que o problema era com ele, e nunca era sobre eles – era sempre ele, que não estava feliz com o que estava fazendo“.

Todd continuou explicando que depois das “escapadas” Joaquin eventualmente retornava, e que em um momento particularmente tenso, ele aconselhou: “Vamos caminhar um pouco, depois voltamos e fazemos isso“. Como já mencionado, interpretar o Coringa não é para qualquer um, e sentir que precisa largar o set e respirar ar puro é na verdade algo bem compreensível.

Ídolo

O ator deixava qualquer um esperando – menos a lenda Robert De Niro, que no filme vive o apresentador Murray Franklin, idolatrado por seu personagem Arthur Fleck. Sobre o relacionamento com Joaquin, De Niro comentou: “Joaquin é bem intenso naquilo que ele faz, e ele deveria ser assim. Não há muito sobre o que falar, pessoalmente. Não era algo do tipo, ‘Vamos tomar um café’, era simplesmente ‘Vamos fazer isso logo'”.

Com ótimas críticas, tanto o filme quanto o seu protagonista estão encabeçando a lista de possíveis indicados durante a temporada de premiações, que tudo indica culminará com o Oscar. O Coringa estreia em 3 de outubro.

Comentários

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui