O Irlandês (Imagem: Divulgação)

O aclamado filme de Martin Scorsese, “O Irlandês“, chega aos cinemas no próximo dia primeiro de novembro, e na Netflix no dia 27 do mesmo mês. E para fazer a contagem regressiva para a estreia desse tão elogiado longa, uma nova foto de Roberto De Niro e Joe Pesci foi divulgada pela Entertainment Weekly.

Na trama os premiados atores viverão o veterano de guerra e assassino Frank Sheeran (De Niro) e o mafioso Russell Bufalino (Pesci). Na nova imagem podemos ver a interação dos dois.

Confira:

Joe Pesci e Robert De Niro em “O Irlandês” (Imagem: Divulgação)

“O Irlandês” acompanha a história de Sheeran e sua reflexão sobre seus diversos e tumultuados momentos de vida. Depois de muitos anos e muitos dramas vividos, ele irá recordar tudo aquilo que o transformou nesse assassino da mafia, além de mostrar seu envolvimento com o líder trabalhista Jimmy Hoffa, interpretado por Al Pacino.

Com direção do grande Martin Scorsese, que já trabalhou diversas vezes ao lado de De Niro, Pacino e Pesci, o longa tem roteiro assinado por Steven Zaillian, responsável pela escrita de filmes como “A Lista de Schindler” (1993) e “O Homem que Mudou o Jogo” (2011).

Assista ao teaser:

O filme, que tem um elenco de peso, ainda conta com Bobby Cannavale, Hayvey Keitel, Stephen Graham, Kathrine Narducci, Domenick Lombardozzi, Anna Paquin, Sebastian Maniscalco, Ray Romano, Jeremy Luke, Jesse Plemons, Stephanie Kurtzuba, Aleska Palladino, India Ennenga, JC MacKenzie, Gary Basaraba, Jim Norton, Larry Romano, Jake Hoffman, Barry Primus, Jack Huston e Patrick Gallo.

Super elogiado pela crítica internacional, o longa foi lançado no Festival de Cinema de Nova York em 27 de setembro. No Rotten Tomatoes é unanime, “O Irlandês” tem uma aprovação de 100%. Com base em 80 críticas, o filme tem chamado muita atenção positiva. São vários elogios, desde a ótima atuação do elenco até o bom trabalho de Scorsese.

“‘O Irlandês’ não é a última palavra sobre gangsteres, mas esse longa épico, envolvente e extremamente bem feito, parece ser a pedra angular apropriada para Scorsese – assim como para De Niro, Persi e Pacino – nesta fase tardia de suas carreiras”, fala Gary M. Kramer, do Salon.com.

“Ele dura um minuto a três horas e meia, e eu não gostaria que fosse mais curto”, anuncia Richard Brody, do New Yorker. “O Irlandês é tão mergulhado em detalhes, e muda tão graciosamente por tantas épocas, que é difícil provocar um enredo claramente definido. Mesmo assim, o filme é muito bem construído – você segue de bom grado onde quer que vá”, diz Stephanie Zacharek, da Time Magazine.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui