Saturday Night Live (Divulgação)

Apresentar o Saturday Night Live, maior programa de comédia ao vivo da televisão americana, é o sonho da grande maioria dos atores. Mas para o astro Orlando Bloom, a decisão não foi tão fácil. Em nova entrevista ele revelou por querejeitou a oferta anos atrás.

Eu era muito inseguro na época“, contou ele em participação no programa The Howard Stern Show. Porém não foram as piadas que os roteiristas poderiam criar, quando Bloom estava no auge da carreira com as franquias “O Senhor dos Anéis” e “Os Piratas do Caribe”, que o assustaram, e sim algo muito mais pessoal.

Foi parte devido à minha dislexia, parte devido aquele período no qual eu não conseguia nem… pensar direito e ver as coisas com clareza”, disse ainda, lembrando que a fama tomou conta da sua vida, e que ele “não tinha muita perspectiva” quando o pedido por parte dos produtores do programa aconteceu, em meio ao lançamento do terceiro filme estrelado por Johnny Depp.

Orlando explicou como se sentia com toda a fama e atenção que recebia: “É como se você estivesse em um carro em chamas, quando você está nessa indústria. E você precisa ser capaz de sair do meio do fogo, ter certeza que você tem uma equipe de apoio do lado de fora, ter certeza que você está seguro e feliz. Daí você pode dizer, ‘Ok, vou voltar para o carro em chamas'”.

Maturidade

O ator finalizou declarando que agora está mais do que pronto para encarar o desafio: “Eu estava no carro em chamas e não sabia como sair, e não podia fazer Saturday Night Live daquele jeito. Mas se eles me chamassem novamente, sim, sem pensar. Eu adoraria apresentar o SNL agora“.

Bloom está atualmente na tv com a série “Carnival Row”, ao lado da modelo e atriz Cara Delevingne. A primeira temporada já está disponível no Amazon Prime Video, e a segunda já foi confirmada pelo streaming.

Comentários

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui