Os icônicos vilões estão voltando? Rumor indica remake de Freddy vs. Jason

Freddy vs. Jason (Imagem: Reprodução)

Freddy vs. Jason pode ganhar um remake, segundo conta o We Got This Covered. Mas o novo filme, em que reúne os vilões das franquias de terror, deve ser produzido apenas após o encerramento do processo judicial envolvendo os longas de Sexta-Feira 13.

A ideia é que o remake ajude renovar as duas franquias para atingir as novas gerações. O primeiro filme de A Hora do Pesadelo foi lançado em 1984, com a direção de Wes Craven, e o último chegou aos cinemas em 2010, dirigido por Samuel Bayer. Já a franquia Sexta-Feira 13 fez sua estreia em 1980, comandado por Sean S. Cunningham, e a última produção foi lançada em 2009, com Marcus Nispel na direção.

Não foram revelados outros detalhes, como direção, trama, elenco e previsão de lançamento do remake. Mas vale lembrar que os criadores de Sexta-Feira 13 enfrentam uma disputa judicial pelos direitos da franquia, então um novo longa pode demorar um pouco para acontecer.

Dirigido por Ronny Yu, Freddy vs. Jason foi lançado em 2003 e marca a primeira vez que houve um crossover entre vilões de A Hora do Pesadelo e Sexta-Feira 13. Com um orçamento de apenas US$ 30 milhões, o filme faturou US$ 116,6 milhões nas bilheterias ao redor do mundo.

No longa, Robert Englund interpretou Freddy Krueger e Ken Kirzinger deu vida à Jason Voorhees. Monica Keena, Jason Ritter, Brendan Fletcher, Garry Chalk, Lochlyn Munro completam o elenco.

 

Embate

O aguardado confronto entre os vilões de A Hora do Pesadelo e Sexta-Feira 13 contou com um desfecho que pode ter agradado os fãs dos dois personagens. Pelo menos essa foi a lógica pensada por Ronny Yu. Em entrevista à Entertainment Weekly, o diretor do terror falou sobre a cena final do filme.

“Eu meio que calculo: se eu conseguir talvez 30 segundos do herói vencendo, então eu tenho que adicionar outros 25 segundos do vilão revidando. Você se sente entediado ao ver os heróis vencendo, sente que é hora do vilão ganhar a vantagem. É um ato de equilíbrio”. O diretor acrescenta: “Então, obviamente, parece que Jason é o vencedor, mas quando a cabeça de Freddy se aproxima da câmera, você vê Freddy com uma careta, então é tipo, ‘ei, talvez não’. Talvez Freddy tenha algo na manga e então ele revide. Foi assim que encontrei o equilíbrio. Eu não aborreci os fãs de Jason, não aborreci os fãs de Freddy. A luta continua”, disse Yu.

 

Comentários