Ozark: Terceira temporada conquista GRANDE feito para a série

Ozark, 3ª temporada (Imagem: Divulgação)

A série Ozark tornou-se uma veterana na Netflix, após a estreia da terceira temporada em março deste ano, e a produção, escrita por Chris Mundy e estrelada por Jason Bateman e Laura Linney, tem outro motivo para comemorar: o terceiro ano bateu recorde de audiência. 

Os dados foram obtidos pelo instituto Nielsen (semelhante ao Kantar Ibope Media brasileiro) e divulgados pelo portal Decider. De acordo com a publicação, o instituto aferiu que 8,7 milhões de norte-americanos assistiram os novos episódios nos primeiros dez dias após o lançamento, fazendo desta a temporada mais vista da série até agora.

Drama com altos momentos de thriller, Ozark é ambientada nos dias de hoje e conta a história do casamento de Marty Bryde (Bateman) e Wendy (Linney) uma família do subúrbio americano, que poderia viver a rotina mais pacata de todas, não fosse o trabalho de Marty: lavar dinheiro para o segundo maior cartel de drogas mexicano. Julia Garner, Sofia Hublitz, Skylar Gaertner e Jason Butler Harne completam o elenco principal.

Não só o público aprovou a nova leva de episódios de Ozark, a crítica especializada também recebeu bem conseguindo 97% de aprovação no Rotten Tomatoes. “Ozark finalmente encontra seu caminho em uma terceira temporada que aumenta a tensão e brilha mais uma vez o desempenho excepcional de Laura Linney”, apontou o consenso dos críticos.

“A temporada 3 de Ozark ainda é um dos melhores dramas criminais da TV, com excelentes performances de Jason Bateman e Laura Linney” – David Griffin, IGN Movies.

“Ao mudar grande parte da ação para o novo cassino da família Byrde, a equipe criativa fez uma aposta inteligente que vale a pena nos episódios iniciais” – Dan Jackson, Thrillist.

“É um daqueles shows que faz você invejar as pessoas que ainda não o viram – então fique preso” – Jamie East, The Sun (UK).

“Ao longo de suas três temporadas, Ozark passou de um aspirante a competidor de Breaking Bad para uma coisa única que agora pode justificar sua reivindicação como um dos melhores thrillers de crime da atualidade” – Karl Puschmann, New Zealand Herald.

“O que realmente dá a Ozark o seu domínio é a representação do efeito corrosivo do risco moral, sugerido pela iluminação freqüentemente reduzida do programa e pelas paisagens hostis do inferno verde” – Adam Sweeting, The Arts Desk.

“Ozark continua a provar por que é um dos melhores programas da Netflix. Se você está dormindo nesta série, é hora de acordar desse sono e dar a esse programa a atenção e o reconhecimento que ele merece por direito” – Tom Chatalbash, Film Inquiry.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.

bostancı escort