Mena Massoud
Mena Massoud (Reprodução)

Como empresa, a Disney sempre tem uma reputação bastante ameaçadora, mais do que qualquer empresa de entretenimento é familiar é capaz de gerar em suas estrelas, e isso ficou provado depois das últimas informações sobre Mena Massoud, estrela do filme Aladdin, lançado mundialmente em 2019. 

A casa do Mickey Mouse precisou aprovar sua participação no drama criminal Reprisal, do Hulu, que estreia nesta sexta-feira, 06 de dezembro. Depois que o ator conseguiu o papel na série, o showrunner Josh Corbin foi informado de que a Disney precisaria ter acesso ao material para aprovar se deixaria ou não a estrela de seu live-action mais recente participar da atração voltada para o público adulto. 

A situação, claro, pegou o showrunner de surpresa, já que ele nem sabia que um live-action de Aladdin estava sendo produzido, e Massou havia feito testes para o papel bem antes do lançamento do longa da Disney. 

Na nova série, sobre uma mulher que é deixada para morrer e jura vingança contra seu irmão e sua gangue, Massoud interpreta um gângster que se infiltra para obter informações para a protagonista, algo que preocupou a Disney.

A empresa tem um histórico de controle já conhecida, pois visa passar uma imagem saudável e familiar. Mas essa imagem a qualquer custo às vezes bate de frente com os desejos profissionais dos atores, que querem assumir novos projetos sem as rédeas da companhia. Ex-astros do Disney Channel como Demi Lovato, e Joe Jonas já chegaram a falar publicamente sobre como a Disney cerceou seus direitos como artistas. 

Como interpretou Aladdin recentemente, Massoud acabou ficando ligado à empresa através do personagem. Embora o ator seja grato por ter interpretado o personagem e garantido o papel por conta própria ao derrotar cerca de dois mil atores, ele explicou em entrevista recente ao Daily Beast que não foi chamado para nenhum teste após o filme, que ficou entre as maiores bilheterias do ano. 

“Sinto que vou ser esquecido e subestimado por um longo tempo porque sou um jovem ator. Sou um iniciante no sentido de que faço isso há 10 anos, mas para muitas pessoas, Aladdin é a primeira coisa em que me viram. Então, acho que vou ser visto dessa maneira por um longo tempo. Vou ter que trabalhar para acabar com isso”, explicou Massoud.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui