Big Brother Canadá é acusado de racismo e causa confusão ao expulsar participante

Kyle, participante do Big Brother Canadá (Reprodução)

Big Brother bom é Big Brother com barraco, e foi o que aconteceu no programa canadense nesta semana. Depois de uma discussão acalorada, a direção do programa decidiu expulsar o participante Jamar Lee da competição alegando que ele havia tido um comportamento ameaçador e que colocava em risco a segurança e até mesmo a vida dos outros moradores da casa.

Os produtores alegaram que as declarações foram extremamente preocupantes, mas a desclassificação gerou controvérsia no Canadá, já que o público foi em massa para as redes sociais chamar a decisão da emissora de racista, alegando que outro participante, Kyle Rozendal também havia feito diversos comentários de mesmo tom.

Ex-participantes lotaram as redes do programa com mensagens pedindo justiça ao participante retirado do jogo de forma injusta e contraditória. A última temporada do Big Brother americano recebeu muitas reclamações por permitir que participantes com comentários racistas continuassem na atração, e a versão do Canadá parece que tentou conter a situação já que neste caso a própria produção estava sendo chamada de racista, e na noite desta quinta-feira, 19 de março, anunciou que removeria também o participante Kyle.

A apresentadora Arisa Cox entrou ao vivo explicando que o participante havia sido expulso devido a um padrão de comportamento perturbador. Ela explicou que Jamar foi retirado anteriormente por sua conduta dentro da casa desrespeitando as regras do programa. “A decisão da produção foi baseada em coisas que foram e não foram exibidas nos feeds ao vivo”, explicou ela. Vale lembrar que diferente da versão brasileira, o Big Brother Canadá não conta com um sistema em que é possível assistir aos participantes ao vivo, tendo eles somente acesso à versão editada da atração que é veiculada pela TV.

As decisões para remover Kyle e Jamar foram tomadas “com base na revisão de imagens de toda a temporada”, diz Arisa e reitera que “enquanto algumas dessas questões foram exibidas nos feeds ao vivo, certamente nem todas foram”. Com isso, o programa suspenderá a eliminação que aconteceria esta semana. Só que o problema causado foi ainda maior, já que o público do programa alega que expulsar Kyle, não anula o fato de Jamar ter sido expulso apenas pela cor de sua pele.