Patrick Stewart em “Star Trek: Picard” (Imagem: Divulgação)

Anos longe da franquia de sucesso, Patrick Stewart retorna para viver mais um capítulo como o capitão Jean-Luc Picard em Star Trek: Picard, nova série da CBS All Acess criada por Alex Kurtzman.

No entanto, o ator não estava muito animado inicialmente para reviver seu icônico personagem. “Expliquei a eles todos esses elementos da Nova Geração pertencem à Nova Geração e por que não queria me aproximar deles novamente”, disse em entrevista à Variety. “Mas eles conversaram sobre isso de uma maneira tão interessante. E eles conversaram por um longo tempo”.

Stewart ainda confessa que havia recusado a proposta, mas depois de conversar bastante sobre o projeto e conhecer mais a fundo a ideia, ele reavaliou e achou que seria interessante poder fazer isso agora, ainda mais pensando no atual cenário político. “De certa maneira, o mundo de Next Generation foi muito perfeito e protegido”, explicou o ator. “Em Picard, a Federação — a união de planetas entrelaçados por valores democráticos — ganhou um capítulo isolacionista. A nova série foi eu respondendo ao mundo do Brexit e de Trump e pensando ‘por que a Federação não mudou? Por que a Frota Estelar não mudou? Talvez eles não sejam tão confiáveis como todos pensávamos'”.

O ator também fala sobre como Logan (2017), filme de James Mangold que dá uma conclusão pós-apocalíptica a franquia dos X-Men, o ajudou a pensar seu retorno a Star Trek como possível e desejável. “Hugh [Jackman] e eu ficamos muito animados quando a última coisa que fizemos para ‘X-Men’ foi ‘Logan’. Foi a melhor experiência ‘X-Men’ que tivemos, porque o mundo deles havia se despedaçado. ‘Next Generation’ não acabou dessa forma. Na verdade, nosso último filme, ‘Nêmesis’ foi bem fraco”.

Assista ao trailer:

O icônico capitão Jean-Luc Picard está de volta. A trama segue a vida do inesquecível personagem de Patrick Stewart após os acontecimentos de Star Trek: The Next Generation (1987-1994) e é ambientada 20 anos depois de Star Trek: Nemesis (2002).

Além de Stewart, que também atua como produtor executivo da série, o elenco ainda é composto por Santiago Cabrera, Michelle Hurd, Alison Pill, Harry Treadaway, Evan Evagora, Isa Briones, Brent Spiner, Jeri Ryan, Jonathan Del Arco, Jonathan Frakes e Marina Sirtis.

Já Michael Chabon é o showrunner da primeira temporada, que contará com dez episódios.

Star Trek: Picard tem estreia marcada para o dia 23 de janeiro. No Brasil, a série será lançada no catálogo da Amazon Prime Vídeo no dia seguinte, 24.

Vale lembrar que a produção já foi renovada para uma segunda temporada.

(Imagem: CBS/Reprodução)

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui