Personagem morta há muito tempo retorna a The Walking Dead em novo episódio

Andrea (Laurie Holden) em The Walking Dead (Divulgação/ AMC)

Uma personagem morta há muitos anos voltará a dar o ar da graça em The Walking Dead, no episódio que vai ao ar no próximo domingo, e que marcará a saída de Danai Gurira – a Michonne – da série. Um grande flashback recordará a vida da personagem quando ela era apenas uma lutadora solitária, que andava com seu ex-amante Mike (Aldis Hodge) e seu amigo Terry (Brandon Fobbs), já mortos e transformados em zumbis, acorrentados como animais de estimação, usados para sua proteção. 

Exemplo de coragem, a personagem havia quebrado suas mandíbulas e braços para evitar que eles a machucassem, e o episódio mostrará seu encontro com Andrea (Laurie Holden), que estava fugindo de um bando de walkers numa floresta. De longe, Michonne observa toda a cena, quando a loira mata alguns mortos-vivos. 

O problema é que ela ao ser perseguida por um deles, cai no chão, e acaba ficando frente a frente com um deles. Michonne continua observando e nada faz, até virar de costas, enquanto Andrea é atacada. As cenas remontam o final da segunda temporada quando a fazenda da família Greene é tomada por zumbis, e Ricky (Andrew Lincoln) e seu bando são forçados a fugir. 

Neste momento, é quando Andrea, que foi deixada para trás encontra Michonne. As duas acabaram formando um vínculo, que só terminou quando Andrea foi morta pelo governador (David Morrissey). Esse flashback acontece quando Michonne está na ilha Bloodsworth, e pode se tratar tanto de uma lembrança como de uma alucinação. Lá ela descobre que foi enganada pelo homem que havia oferecido armas para destruir a horda de zumbis de Alpha (Samantha Morton).

“Haverá algumas coisas que também introduzirão intrigas muito interessantes na história dela. Espero que tenhamos feito um bom trabalho de finalização. Eu acho que ela [Gurira] é absolutamente brilhante. Isso é o máximo que posso dizer sem revelar muito”. O episódio vai ao ar no dia 22 de março.