Petição para retorno de Anne With An E bate recorde de assinaturas

Anne With an E (Divulgação)

O anúncio do cancelamento da série Anne With An E pela Netflix no início do ano gerou uma grande comoção entre os fãs. O público gerou diversas ações para ter a série de volta, entre elas uma petição. Entre os motivos para o retorno da série estava, além dos elogios da crítica e do público, também era por conta dos temas abordados como as questões de sexualidade, racismo e de gênero.

De acordo com uma matéria da Rolling Stone, nos cinco meses que a petição pedindo o retorno de Anne With An E foi divulgada, o número de assinaturas se aproximou dos 460 mil nomes. A título de comparação, quando Lúcifer foi cancelada pela Fox, a petição feita pedindo o retorno da série conseguiu 304 mil assinaturas, logo em seguida o seriado conseguiu uma nova temporada na Netflix.

Anne With An E é baseada na série de sete livros escrita por Lucy Maud Montgomery, que foi publicada em 1908, a história segue a vida da orfã Anne Shirley. No IMDb, o seriado conquistou a nota 8,6 / 10, enquanto no Rotten Tomatoes conseguiu 60% de aprovação da crítica e 89% de aprovação do público.

Confira abaixo alguns comentários sobre a primeira temporada da série:

“Anne With an E captura a exuberância vencedora de Anne Shirley – que, interpretada por AmyBeth McNulty, é totalmente irresistível – enquanto encontra uma potência mais profunda em sua história” – Sophie Gilbert, The Atlantic.

“Anne With an E vacila ao apresentar tudo isso sem um pingo de sutileza, como se seu próprio roteiro tivesse sido escrito por sua heroína febrilmente imaginativa, que idolatra o gótico e o macabro” – Marissa Martinelli, Slate.

“Anne nunca foi uma personagem simples. McNulty não a interpreta como uma” – Ellen Gray, Philadelphia Inquirer.

“A série será uma alegria para os super-fãs de Anne e para quem gosta de drama de puxar o coração” – Gail Pennington, St. Louis Post-Dispatch.

 

Comentários