Phoebe Waller-Bridge abre o jogo sobre Bond 25 e novo projeto pós Fleabag

Phoebe Waller-Bridge em Fleabag (Reprodução)

A talentosa escritora e atriz Phoebe Waller-Bridge é sem dúvida um dos nomes mais cotados da indústria no momento. Após encantar o público com “Killing Eve“, “Fleabag” e receber inúmeros prêmios, ela agora planeja seu próximo projeto, e fala também sobre “Bond 25”.

Em nova entrevista concedida ao The Hollywood Reporter, Phoebe comentou sobre a explosão da sua carreira, e sobre a oportunidade de ter sido uma das co-escritoras, em parceria com outros 4 nomes, do roteiro do novo longa do agente 007, se tornando a segunda mulher em toda a história da franquia a assumir a responsabilidade.

O próprio Daniel Craig sugeriu o nome de Waller-Bridge, para dar uma “polida” nos diálogos. De acordo com fontes, ela teria recebido 2 milhões pelo trabalho, que aparentemente procurou deixar Bond mais com a cara do século 21 e antenado com o movimento #MeToo.

Existe algo sobre o James Bond que sempre me fascinou, assim como a Villanelle [protagonista de Killing Eve]. Eles vivem uma fantasia! Mas é uma vida que nenhum de nós iria realmente querer, matar pessoas e depois tomar um martíni. Na verdade é meio que um pesadelo“, confessou.

E ainda: “Muito foi falado porque entrei no projeto, pelo fato de ser uma mulher, e isso é ótimo, mas não posso ganhar o crédito por um filme que já estava escrito. O filme é do Cary [Fukunaga, diretor]“.

Futuro

Já sobre o que fará em seguida, Phoebe revelou que já tem uma visão para o seu novo filme, e que está certa de 3 coisas: não colocará o projeto no mercado até que esteja completamente finalizado, ele precisará ser lançado nos cinemas, e ela muito provavelmente não aparecerá em frente às câmeras.

E sobre fechar um acordo milionário com alguma plataforma de streaming, seguindo os passos de Shonda Rhimes e David Benioff e D.B. Weiss: “Você consegue perceber de longe quando as pessoas só estão interessadas em ligar seu nome à empresa deles. Eu não confio nisso nem por um segundo”, finalizou.

Cresceu vendo filmes ao invés de brincar na rua. Fã de ir ao cinema sozinha. Críticas e notícias sobre o mundo do entretenimento.

bostancı escort