Série animada de X-Men deve ganhar continuação no Disney + (Imagem: Reprodução)

A equipe criativa responsável pela versão clássica do desenho do X-Men, nos anos 1990, está desenvolvendo uma nova série da legião de heróis mutantes para o Disney+, nova plataforma de streaming da gigante do entretenimento.

Em entrevista ao The Hollywood Reporter, Larry Houston, que assina a produção e direção da nova série animada afirmou que o novo projeto será uma continuação da original. “O que queríamos fazer mais do que qualquer outra coisa é continuar de onde paramos”, revelou.

Ainda segundo a publicação, a estética do desenho animado irá acabar mudando, entretanto, não se sabe quando irão ocorrer negociações com a Disney para conversar sobre o novo programa.

Diretor de “Fênix: Negra” explica ausência de Wolverine

Enquanto isso nos cinemas, a saga dos mutantes está em cartaz com “X-Men: Fênix Negra”, que conta com a ausência de um dos protagonistas mais conhecidos do grupo: Wolverine.

Em entrevista à Rolling Stone, o diretor Simon Kinberg explicou o motivo pelo qual o personagem não aparece na nova produção. “Se você conhece o arco da Fênix Negra, você gostaria que servir à história de amor entre Logan e Jean”.

“E acho que a noção do Hugh Jackman, por melhor que sua aparência seja em relação à sua idade, e Sophie Turner – não funcionou muito bem para mim. Ou qualquer outra pessoa”, completou.

Datado de 1992, X-Men: Fênix Negra se passa dez anos após os acontecimentos de “Apocalipse”. Agora, os mutantes, antes marginalizados, são vistos como heróis. E embarcam em uma missão espacial, na qual acabam sendo atingidos por um raio solar. O acidente acaba, no entanto, despertando uma força maligna em Jean, a fênix. O filme está em cartaz nos cinemas.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui