Polêmica com a Marvel: CEO da Disney quer encontro com Scorsese

Marvel Studios
Marvel Studios, responsável pelas produções que foram alvo de críticas por parte de Martin Scorsese (Reprodução/YouTube – BRAMarvel)

Depois das críticas do cineasta Martin Scorsese aos filmes da Marvel e depois de muitos nomes se manifestarem, a favor ou contra o diretor, agora a polêmica avançou para mais um nível. O atual CEO da Disney, Bob Iger, revelou que quer se encontrar com Martin Scorsese. O conteúdo da conversa não foi revelado e ainda não se sabe se isso vai realmente acontecer.

A informação foi feita pelo próprio empresário, durante entrevista para a revista Time. O presidente da Walt Disney Company foi eleito pela revista como o Empresário do Ano de 2019. Ao que tudo indica, o assunto a ser tratado seria exatamente a polêmica envolvendo o diretor Martin Scorsese, responsável recentemente pelo sucesso O Irlandês, e as produções da Marvel, atualmente sob comando da Disney.

Recentemente, depois de ter dito que os filmes da Marvel “não são cinema”, Scorsese também explicou sua posição. O diretor publicou um artigo no jornal The New York Times justificando sua fala e a Folha de S. Paulo republicou o texto, em versão para a língua portuguesa. No texto, o cineasta afirma que algumas pessoas, ao que tudo indica, parecem ter considerado a afirmação de que filmes da Marvel “não são cinema”, feita em entrevista à revista Empire, como uma ofensa ou como prova de que ele odeia a companhia Marvel.

Segundo Scorsese, isso se trata de uma caracterização singular de suas palavras feitas não por ele, mas por outra pessoa, e não há como impedir essa atitude. Entretanto, ele reforçou a ideia de que, nos filmes de franquias atuais, como exemplos as sagas de super-heróis, não oferecem nada em risco e apenas satisfazem um conjunto bastante específico de demandas.

“Há quem diga que os filmes de Hitchcock [o diretor Alfred Hitchcock] são repetitivos e isso talvez seja verdade – Hitchcock mesmo expressou tal preocupação. Mas a mesmice das grandes franquias cinematográficas atuais é de uma ordem muito diferente. Muitos dos elementos que definem o cinema tal qual o conheço estão presentes nos filmes da Marvel. O que não está presente é a revelação, o mistério ou o perigo real”, disse o diretor.

E completou: “Nada está em risco. Os filmes foram feitos para satisfazer um conjunto específico de demandas e são concebidos como variações de um número finito de temas. Eles são continuações, em teoria, mas, na verdade, são refilmagens, em espírito, e tudo o que existe neles é oficialmente sancionado porque a verdade é que não poderia ser de outra maneira”.

Possui Mestrado em Comunicação e Graduação em Jornalismo. Pesquisa cultura pop e também trabalha com o tema.

bostancı escort