Polêmica com Todd Phillips lança campanha contra premiação no Oscar

Filme Coringa
Todd Phillips e Robert De Niro em imagem promocional tirada dos bastidores de Coringa (Divulgação/Warner Bros. Pictures)

Uma polêmica envolvendo o diretor Todd Phillips, responsável pelo filme Coringa, acabou sendo reacendida e deu espaço a uma campanha contra premiações do diretor no Oscar. Vale lembrar que ele foi indicado às categorias de Melhor Diretor (pelo filme do Joker) e Melhor Roteiro Adaptado (ele escreveu o script ao lado de Scott Silver). Agora, a campanha pode pressionar para o lado contrário, mas não por conta de Coringa.

Ao menos, é o que diz as informações reveladas pelo site de notícias de entretenimento Pop Culture. De acordo com o portal, o diretor está sendo alvo de reclamações por conta da franquia Se Beber, Não Case!, também comandada por ele. Em uma cena, o personagem do ator Zach Galifianakis carrega um bebê e aparentemente usa os braços da criança para parecer que está em uma masturbação.

Segundo as informações, a mãe da criança nunca permitiu a cena e Todd Phillips conseguiu filmá-la com a ajuda do pai, conforme publicação da Latino Review. Relutante, o pai consentiu após ser convencido por Phillips, que, segundo a publicação da Latino Review, também disse que a mãe estava exagerando na situação. Depois disso, o diretor passou a ser chamado por muitos de machista.

Agora, em uma campanha na internet, usuários das redes sociais estão se voltando contra o diretor por conta do ocorrido. “Apesar da qualidade de Coringa, Todd Phillips nunca deveria ter sido colocado para comandar outro filme desde que ele usou um bebê para uma cena de masturbação *sem o consentimento da mãe*”, diz um internauta em uma publicação.

O diretor ainda não se pronunciou sobre o caso, que surge em meio às indicações para o Oscar e em meio a outras premiações que estão ocorrendo. Vale lembrar que o filme Coringa, trabalho pelo qual Todd Phillips foi indicado, foi estrelado por Joaquin Phoenix e começou sua passagem pelos cinemas em 3 de outubro de 2019. Agora, o filme está na etapa de pré-venda, no Brasil, de suas versões em DVD e Blu-Ray.

Confira as reações na internet:

 

Comentários