DC
Logo da DC Comics, estilizado para o trailer de Coringa (2019) (Reprodução/YouTube – Warner Bros. Pictures)

Para o bem ou para o mal, dos sucessos aos fracassos, as produções cinematográficas baseadas em histórias em quadrinhos da companhia DC Comics carregam o nome da empresa e também da Warner Bros. Pictures. O estúdio, responsável por levar às telonas as produções, deve ter que lidar agora com dois distintos universos compartilhados.

A informação foi divulgada pelo site de notícias de entretenimento We Got This Covered. Segundo o portal, a DC tem a ideia de manter esses dois universos separados, um deles reunindo os filmes já lançados, como o polêmico Liga da Justiça (2017) e a primeira versão de Esquadrão Suicida (2016), e o outro com as futuras produções da companhia, como The Batman. Mas por que essa atitude?

De acordo com o WGTC, a ideia vem justamente dos últimos filmes não muito bem sucedidos, com a proposta de que manter conexões menores pode dar mais certo para o DCEU. Vale lembrar que isso vai contra os princípios da principal concorrente, a Marvel Comics, que, por meio do Marvel Studios, leva para as telonas seus personagens e estabelece sempre muitas conexões entre eles, de modo que histórias do MCU interferem entre si.

De um lado, é possível encontrar ligações entre os filmes do “primeiro universo”, dos fracassos ao sucesso, como Liga da Justiça e Esquadrão Suicida de um lado e, de outro, Aquaman (2018) e, pouco antes dele, Mulher-Maravilha (2017). Agora, vêm por aí outras produções desse universo, como o “reboot-sequência” de O Esquadrão Suicida, também chamado de Esquadrão Suicida 2, que tem data de estreia agendada inicialmente para 2021.

Entretanto, ficam algumas perguntas sobre essa suposta separação da DC, que não foi confirmada oficialmente e segue no campo dos rumores, e, mais exatamente, sobre o “segundo universo”. Esse ambiente será feito apenas por produções isoladas entre si, sem continuação, ou haverá continuação, mas não haverá ligação entre as produções? E o que será feito de Coringa, que, segundo informações iniciais, não se encaixa em nenhum dos dois universos compartilhados? Ele será a marca inicial do “segundo universo”?

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui