Prêmio Abraccine elege Bacurau como Melhor Longa Nacional

Bacurau (Imagem: Divulgação)

Bacurau, de Kleber Mendonça Filho, recebeu o prêmio de Melhor Filme Nacional pela Associação Brasileira de Críticos de Cinema (Abraccine). O longa-metragem foi laureado ao lado de “Parasita” de Bong Joon-Ho, escolhido Melhor Filme Internacional. A premiação ocorreu na última terça-feira (11).

A Abbracine, entidade que reúne mais de uma centena de críticos de cinema de todo o país, avaliou ao longo de um mês as produções lançadas em circuito nos cinemas brasileiros ao longo de 2019.

Neste ano, a associação inovou e elegeu os dez melhores filmes para cada uma das dez categorias. Entre as produções brasileiras reconhecidas como grandes lançamentos de 2019 estão Democracia em Vertigem, de Petra Costa; Deslembro, de Flávia Castro; Divino Amor, de Gabriel Mascaro e A Vida Invisível, de Karim Aïnouz.

As produções internacionais premiadas ao lado de Parasita foram Assunto de Família, de Hirokazu Koreeda; Coringa, de Todd Phillips e Dor e Glória, de Pedro Almodóvar. 

O drama com suspense lançado em agosto do ano passado vem conseguindo grandes feitos nas últimas premiações nas quais tem concorrido. O longa foi indicado ao Festival de Cannes, no qual venceu nas categorias Prêmio do Júri. Já o Festival de Sidney e Munique, a produção venceu como melhor filme, e no Festival de Lima, premiado como melhor filme e melhor direção.

Bacurau gira em torno de um pequeno vilarejo, onde os habitantes vivem o luto da morte da matriarca, e logo descobrem que o lugar onde estão não faz parte do mapa. A situação fica ainda mais tensa quando forasteiros chegam à cidade e acabam entrando em conflito com os cidadãos que acreditam estar com a sua terra ameaçada, e passam a se defender na medida do possível.

O elenco do filme é formado por Sônia Braga, Udo Kier, Bábara Colen, Silvero Pereira, Thomás Aquino, Karine Teles, Antonio Saboia, Lia de Itamaracá e Wilson Rabelo.

 

Comentários