Produtor comenta decisão sobre os uniformes de X-Men

X-Men (Foto: Divulgação / Fox)

Além da trama que lida com questões como preconceito, diversidade e minoria, e claro os super poderes, algo que chama bastantes atenção nos X-Men são seus uniformes. Os trajes dão mais personalidade aos heróis, e isso foi algo muito sentido pelos fãs quando o primeiro filme da equipe de mutantes foi lançado. As vestimentas coloridas foram substituídas por uniformes de couro, o também trouxe um pouco mais de realismo ao filme.

Em uma entrevista para a SyFy Wire, Ralph Winter, um dos produtores do longa metragem, esclareceu o motivo da Fox ter se afastado da versão das HQ dos uniformes.

Winter disse: “Naquela época, sentimos que fizemos um bom trabalho. Nós limitamos a quantidade de tempo no guarda-roupa. É claro, há uma piada no filme sobre spandex amarelo, que foi dirigida para os fãs. Não era para irritá-los, mas para dizer ‘Ei, nós ouvimos vocês, entendemos o que vocês querem, entendemos que vocês não gostam da ideia de um Wolverine mais alto. Nós entendemos que vocês preferiam todo mundo com os trajes tradicionais. Mas também temos que fazer um filme que alcance um público maior para justificar o orçamento”.

E continuou: “O truque é sempre mirar no fã hardcore da Marvel e dos X-Men, mas fazer isso de uma maneira que não aliene o espectador normal que pode gostar, ou começar a gostar, desse tipo de história”.

O primeiro filme dos X-Men completou 20 anos de lançamento no dia 13 de julho. O filme contou com a direção de Bryan Singer e arrecadou US$ 296,3 milhões. A trama mostrou a história de origem da famosa equipe das HQs da Marvel, onde Xavier e Magneto lideram seus respectivos grupos onde um quer a paz entre humanos e mutantes e outro quer que os filhos do átomo sejam os soberanos. O elenco contou com Hugh Jackman, Famke Janssen, Rebecca Romijn, Anna Paquin, Ian McKellen e Patrick Stewart.

Formado em administração e psicologia. Adora cartoons, animes e series animadas. Atualmente faz curso de desenho com especialização em cartoons.