Produtor fala como está o andamento do live-action de One Piece

One Piece – Arco Wano (Imagem: Divulgação)

One Piece foi criado por Eiichiro Oda em 1997, o mangá que conta a história de Luffy e seu bando de piratas que quer encontrar o tesouro do Rei dos Piratas fez tanto sucesso que em 1999 ganhou uma versão em anime. Ambos continuam sendo lançados até hoje, sendo que o anime conta com vários episódios especiais e filmes. Contudo, um novo projeto vem chamando a atenção dos fãs de One Piece, é a série live action que chegará logo mais na Netflix.

Não foram divulgados muitos detalhes sobre a trama do live-action, mas deve retratar os acontecimentos da primeira temporada do anime. Segundo alguns sites relataram, o projeto será mais obscuro e sangrento que o material original, além de mudar a história de origem e alguns personagens e de acontecimentos da própria trama, para tudo se encaixar dentro dos dez episódios da primeira temporada.

Nesta semana, Marty Adelstein, que trabalhou em Snowpiercer, e agora está junto com a Tomorrow Studios, a empresa que está produzindo o live-action de One Piece, deu uma entrevista para o site SyFy Wire e contou como está a produção do seriado. Segundo Adelstein, se não fosse por conta pandemia de COVID-19 que vem atrasando a produção de várias outras séries e filmes, eles estariam bem adiantados no projeto.

“Deveríamos começar a gravar One Piece em agosto na Cidade do Cabo, na África do Sul. Prevemos que a data em que será possível gravar agora é setembro, ao mais tardar”, começou Marty Adelstein. E completou: “Nós basicamente já temos os 10 roteiros escritos, e vamos começar a escalar o elenco quando voltarmos. Minha suspeita é que seja em 1 de junho, mas vamos começar a fazer a nossa escalação. Temos muitos nomes sobre os quais estamos falando e devemos estar em produção em setembro. Estivemos trabalhando muito próximos com o sensei Oda. Então, vamos começar, e isso será muito grande. Quero dizer, Snowpiercer era uma produção grande; esta é ainda maior”.

 

Comentários