Produtor garante que Snyder Cut vai ser completamente diferente de Liga da Justiça oficial

Liga da Justiça
Liga da Justiça (Divulgação)

O mundo do entretenimento virou de cabeça para baixo desde a semana passada com o anúncio de que o Snyder Cut, corte do diretor Zack Snyder para o filme Liga da Justiça, finalmente ganharia vida, ao ser disponibilizado pela HBO Max, novo serviço de streaming da Warner Bros., que foi lançado na última quarta-feira, 27 de maio. O estúdio pretende injetar cerca de 30 milhões de dólares para que o projeto seja finalizado, com a filmagem de cenas extras, além de um trabalho feito em pós-produção.

Existe muita gente torcendo o nariz e até dizendo que o lançamento é um desrespeito com Joss Whedon, cineasta que assumiu Liga da Justiça em 2017, quando Snyder precisou se afastar do longa após perder a filha. Há outra corrente na internet que acredita que o filme não vai ter nada novo a acrescentar mas não é o que diz um produtor que trabalhou originalmente na película dos heróis.

Bob Greenglatt, revelou que a versão não vista anteriormente terá mudanças radicas, se comparada com a oficial. O executivo explicou sobre isso numa entrevista ao Recode Media Podcast. “Foram meses de discussão com Zack e outros produtores para vermos como viabilizar isso. Porque não é fácil como abrir um cofre, pegar a versão dele e exibir… Ela não existe. O Zack está trabalhando nela e isso é algo complexo. Incluindo novos efeitos especiais – o que não quero detalhar muito por enquanto”, começou ele.

Segundo Greenglatt, o valor de 30 milhões anunciado pela imprensa na verdade é um número ainda abaixo do que aquele que será de fato praticado: “Serão mudanças radicais do filme, é complicado e muito caro, um número que não vou dizer… Vou apenas dizer que gostaria que fossem apenas 30 milhões de dólares”, disparou. Quando ganhar vida finalmente, Liga da Justiça, pode seguir dois formatos, um filme de quatro horas, ou uma minissérie em 6 partes, o que o produtor preferiu não comentar.

Comentários