Produtores de Lúcifer revelam como violência policial vai ser retratada na sexta temporada

Lucifer
Lucifer (Foto: Reprodução/Youtube)

Joe Henderson e Ildy Modrovich, produtores da série Lúcifer, contaram à Variety que a trama irá abordar a violência policial em sua sexta temporada.  A ideia, de acordo com eles, é uma medida para refletir e ponderar acerca de uma “glamourização da polícia”, que opera em Hollywood.

A decisão da produção é uma resposta aos protestos que cidades americanas fizeram após a morte de George Floyd, assassinado por asfixia enquanto estava sob a autoridade de um policial.  O caso e as manifestações por ele desencadeadas tiveram uma séria repercussão em Hollywood, paralisada com a pandemia de Covid-19.

“É importante, para nós, examinar este tema dentro do nosso universo, pelos olhos dos nossos personagens, e de uma forma justa e emocional. Não queremos fazer um discurso, mas não queremos fugir da questão. Não queremos, acima de tudo, fingir que nossa série não se passa no mundo da polícia”, afirmou Ildy Modrovich.

Henderson afirmou à revista que a equipe de Lúcifer é aberta a participação de ativistas negros, sem citar nomes ou organizações, o produtor afirmou que a equipe busca “sempre colocar na tela o que escutam [dos ativistas] de uma maneira que se encaixe a linguagem de Lúcifer”. Atualmente a série está em sua quinta temporada, cuja primeira parte, com oito episódios, já está disponível na Netflix.

O novo ano agradou os críticos, que conseguiu uma aprovação de 86% no Rotten Tomatoes, a partir de sete avaliações. “Lúcifer sempre será o show que nos deu um arcanjo perseguindo uma galinha enquanto o Diabo ri no fundo e a 5ª temporada vai nas partes do show que o tornam algo viciante de assistir”, afirmou Krutika Mallikarjuna, TV Guide.

“O desejo ardente nesta série é o suficiente para fazer Crepúsculo corar”, David Craig, Radio Times. “A primeira metade da quinta temporada de Lúcifer oferece mais do mesmo drama, comédia e peso emocional que os fãs da série passaram a amar e prova que a fantástica quarta temporada da série – a primeira no Netflix – não foi por acaso”, Nicole Drum, ComicBook.com.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.