"Game of Thrones"
Produtores explicam imagens mais escuras, que foram alvo de críticas (Imagem: Reprodução/HBO)

A oitava temporada de “Game of Thrones” tem chamado a atenção dos telespectadores pela escuridão nas cenas. Diversos fãs relataram estranheza ao verem os episódios com cenários muito escuros.

Um grande exemplo foi a Batalha de Winterfell. As cenas foram editadas exageradamente escuras, dificultando assim, o entendimento das cenas, e fazendo com que alguns detalhes passem despercebidos.

A mudança gerou uma série de críticas. Os produtores e a HBO receberam uma enxurrada de críticas e indagações. O diretor Michael Sapochnik foi o responsável por “A Longa Noite”, episódio que monstra o período na história da trama, onde uma terrível escuridão baixou sobre Westeros. E que levou aos questionamentos sobre as fotografias de “GoT”.

Aviso prévio

A produção da série já havia dado indícios, que as cenas seriam, de fato, mais escuras. Ainda em 2017, Robert McLachla, diretor de fotografia, comentou: “Se você assistir a primeira temporada de novo, perceberá muita luz de fundo desnecessária. Mesmo nas filmagens a céu aberto, você percebe a iluminação”, disse ele à revista Insider, afirmando que a ordem agora, é adotar uma iluminação mais próxima da realidade, mais naturalista.

“Os cineastas que trabalharam na fotografia desde então estão tentando fazer da forma mais natural possível. Para fazer com que cenários e locações pareçam não estar absolutamente iluminados por nós, mas apenas pela natureza ou por algumas velas, que são reforçadas em alguns casos”, completou o diretor.

Muitos seguidores também reclamaram da adoção do efeito de pixel nas imagens, deixando-as mais desfocadas. O efeito foi proposital. “Queria evoluir a narrativa da luz com a narrativa dos personagens”, explicou o diretor de fotografia Fabian Wagner. Assim os episódios diurnos, terão realmente uma luz menor, fazendo assim que o público tenha que se acostumar com as novas imagens. 

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui