Protagonista de Expresso do Amanhã, Daveed Diggs conta sua maior dificuldade na série

Daveed Diggs
Daveed Diggs (Reprodução/ Instagram)

Daveed Diggs ficou animado ao se tornar a estrela de Expresso do Amanhã, série baseada nos quadrinhos, e no filme homônimo. Ele é Andre Layton, único detetive de homicídios que sobreviveu, e falou em entrevista sobre a apreensão que ficou sem saber se o programa iria mesmo para o ar.

“Sempre fui bastante confiante. É um programa muito caro, ou seja, muito caro para ficar só para a gente. Se fosse apenas um vídeo interno, seria muito dinheiro para gastar, então eu sempre assumi que, em algum momento, isso sairia. Certamente, era uma coisa sobre a qual brincávamos, o tempo todo, que estávamos fazendo isso por nós e foi um exercício muito legal, e que, talvez um dia, faríamos um programa de TV. E a rede está muito comprometida com esse projeto, portanto nunca houve nenhum sinal real de que isso não fosse divulgado”, explicou o ator em entrevista ao site Collider.

“A TV é uma coisa tão selvagem, especialmente para mim, quanto mais eu aprendo. Estou acostumado a fazer arte em pequenos grupos, com amigos muito próximos, e depois, quando termino, lanço. A televisão é um jogo diferente, porque é consumido ao mesmo tempo em que estamos trabalhando”, explicou ele, que ainda expôs a sensação de ter que lidar com as reações do público.

“Um show no ar, sendo exibido ao mesmo tempo que está sendo criado, é complicado, sobretudo por lidar com a resposta para aquela arte. Não estou fazendo um julgamento de valor sobre esta situação. Só estou dizendo que estamos trancados no estúdio, fazendo o programa que achamos bom e esperamos que as pessoas concordem conosco”, disparou ele que também atua como produtor executivo da atração.

Sobre o personagem, ele revelou que sempre pede auxílio aos diretores para o guiarem durante algumas cenas. “Ele também tem muitos bloqueadores emocionais. Isso tem sido divertido para mim. Geralmente, a maneira como sou capaz de ser emocional é um trunfo para mim, como ator, mas para esta série, foi realmente um obstáculo, de várias maneiras. Eu tive que continuar me verificando nisso, e pedindo aos meus diretores que me verificassem. Eu tinha que ter certeza de que não estou dando muito, porque não acho que Layton daria muito. Então, esse tem sido um desafio interessante e divertido”.