Puxada de tapete? John Boyega esnoba contrato e rompe com marca

John Boyega
John Boyega (Reprodução)

Depois de dizer que não gostaria de voltar para Star Wars, o ator John Boyega resolveu deixar para trás um grande contrato publicitário com uma marca de perfumes alegando que a empresa o tratou com desrespeito ao não utilizar uma campanha que ele idealizou e estrelou, o substituindo por outro ator. Embaixador da marca Jo Malone, Boyega ajudou a criar uma campanha para um produto pós-barba, e estrelou os comerciais da mesma, porém em território chinês, foi substituído pelas imagens do ator Liu Haoran.

O britânico se manifestou através do seu Twitter, dizendo que foi uma decisão errada da empresa que sequer o comunicou previamente sobre a troca, e que embora ele aceite que as marcas podem usar diferentes rostos em determinadas partes do mundo, a forma como aconteceu o desagradou já que o comercial foi inteiramente construído em torno de sua história de vida.

Ele então deixou o cargo de embaixador da marca. “Sua decisão de substituir minha campanha na China usando meus conceitos e substituindo um embaixador local da marca por mim, sem meu consentimento ou aviso prévio, foi errada. O filme celebrou minha história pessoal, mostrando minha cidade natal, incluindo meus amigos e família. Embora muitas marcas compreensivelmente usem uma variedade de embaixadores globais e locais, negociar de forma desrespeitosa a cultura desta maneira não é algo que eu possa tolerar”.

“É de volta para trás, mas eu lhe asseguro que isso será tratado rapidamente. Não tenho tempo para bobagens. Nós pressionamos e forte. Mantenham-se pessoas abençoadas”, escreveu após um pedido de desculpas da Jo Malone.

Jhon Boyega atuante contra o racismo

John Boyega tem sido um dos atores que apoiou os protestos do Black Lives Matter em decorrência do assassinato de George Floyd em maio deste ano. O ator chegou até a comentar que ele lutaria contra as injustiças de Hollywood contra negros mesmo que sua carreira estivesse correndo riscos. Nas últimas semanas, ele disse que não voltaria para Star Wars, onde interpretou Finn porque segundo ele a Disney não está preparada para lidar com personagens negros, já que toda a divulgação dos filmes não contavam com seu personagem que tinham até mais relevância no enredo que outros personagens brancos, altamente anunciados.

ankara escort