Que motivo fez Ruth Wilson deixar a série The Affair antes do fim?

Cena da quinta e última temporada de The Affair (Imagem: Divulgação/Showtime)

A polêmica e inesperada saída de Ruth Wilson da série The Affair, em 2018, na penúltima temporada da trama, deixou muita gente impactada. Na época, a atriz simplesmente confirmou que estava deixando a produção, mas disse que não poderia falar mais nada. Entretanto, ela alegou que questões como outros trabalhos ou desigualdade salarial não estavam envolvidas.

Agora, de acordo com o site de notícias de entretenimento The Hollywood Reporter, o motivo que fez a atriz deixar a série, que lhe rendeu um Globo de Ouro, foi um “ambiente hostil” nos bastidores de gravação. O ambiente de trabalho da série, que chegou ao fim recentemente, no mês de novembro, em sua quinta temporada, foi descrito por uma fonte do THR como um ambiente de pressões.

Segundo a fonte entrevistada pelo veículo de imprensa, havia muitas exigências impactantes para os atores, como vários pedidos de nudez e cenas de sexo tidas como desnecessárias. E isso estaria partindo da produtora Sarah Treem, que, segundo a fonte, era a responsável por persuadir os atores e também fazer as exigências, pedindo, sobretudo que eles se despissem, mesmo contra a vontade.

“Repetidas vezes, testemunhei Sarah tentando convencer os atores a ficarem nus, ainda que não se sentissem à vontade ou não estivessem contratualmente obrigados. ‘Todo mundo está esperando por você’ ou ‘você está linda’: ela dizia para aliviar inseguranças que os atores tinham. São coisas que você pensaria que sairiam da boca de um homem dos anos 50. O ambiente era muito tóxico”, disse a fonte.

Entretanto, em comunicado, a produtora rebateu as afirmações: “Dediquei toda a minha vida profissional a escrever e falar sobre questões femininas, causas femininas, empoderamento feminino e criar papéis fortes e complexos para mulheres no teatro e em Hollywood, dentro e fora das telas. É o que eu penso, o que me importa, é o que impulsiona minha vida e trabalho”.

E ainda completou, dizendo que a afirmação de que se tratava de um ambiente tóxico não procede: “O motivo pelo qual eu criei The Affair foi para esclarecer como a experiência feminina de se mover pelo mundo é tão diferente da masculina, é como falar um segundo idioma. A ideia de cultivar um ambiente inseguro ou assediar uma mulher em um dos meus programas é totalmente ridícula e carece de fundamento na realidade”.

Possui Mestrado em Comunicação e Graduação em Jornalismo. Pesquisa cultura pop e também trabalha com o tema.

bostancı escort