Quentin Tarantino diz que sequência de Kill Bill pode acontecer em 2022

Quentin Tarantino e Uma Thurman no set de “Kill Bill” (Miramax)

Beatrix Kiddo está de volta, mas pelo menos não por enquanto, é o que garante o diretor Quentin Tarantino, que deu ao público uma breve atualização sobre o status de Kill Bill Volume 3. Uma notícia boa para os fãs é que vai acontecer, mesmo sem uma data certa. 

Tarantino já havia falado rapidamente sobre o assunto em entrevista ao programa Watch What Happens Live with Andy Cohen, cuja participação foi mesmo para falar sobre as cinco indicações ao Globo de Ouro do filme Era Um Vez em Hollywood, que ele considerou uma vitória pessoal.

Sobre o retorno de Kill Bill, o diretor parece que demorará a reunir todo o elenco novamente, pelo menos três anos, é o que ele espera para produzir algo digno dos primeiros filmes. Inicialmente, ele havia dito que conversou com a estrela do filme para falar sobre.

Eu e Uma conversamos sobre isso recentemente, para falar a verdade. Preciso pensar nisso com calma, já que essa discussão aconteceu há uma semana. Se qualquer um dos meus filmes for ganhar uma sequência, será um terceiro Kill Bill”, disse ele em julho deste ano.  

Na atração de Andy Cohen, ele voltou a reafirmar seu contato com a atriz para discutir uma sequência. “Por acaso, jantei com Uma Thurman ontem a noite. Estávamos em um restaurante japonês muito legal. Eu tenho uma ideia sobre o que eu faria com Kill Bill Volume 3. Isso foi o que falamos, conquistar esse conceito do que aconteceu com ‘a noiva’, e o que podemos explorar dali. Eu não quero apenas inventar alguma aventura idiota, porque ela não merece isso”, disparou. 

Perguntado se houve algum movimento tangível em torno da sequência, ele esclareceu que tem tem contato regular com a atriz, mas que outros atores não entraram em contato com ele ao ouvirem sobre os rumores. “Eu não faria agora, daqui a pelo menos três anos, ou algo assim. Mas definitivamente está nos planos”, finalizou.