Ray Fisher aborda o que o levou a falar sobre Joss Whedon

Ray Fisher (Foto: Divulgação)
Ray Fisher (Foto: Divulgação)

A polêmica envolvendo a críticas de Ray Fisher sobre o comportamento de Joss Whedon nos bastidores de Liga da Justiça continua dando muito trabalho para a WarnerMedia. Em uma recente entrevista para a Forbes (via Comic Book), Ray Fisher foi questionado novamente sobre o assunto, e trouxe novo olhares sobre a polêmico e os motivos que o levaram a expor Whedon.

“O apagamento de pessoas de cor da versão teatral de 2017 da Liga da Justiça não foi um acidente nem uma coincidência”, começou Fisher Fisher. “Por um lado, o elenco e a equipe foram informados de que Zack havia escolhido Joss para terminar o filme para ele. Eu não descobri até depois das refilmagens que isso era uma mentira completa”.

O ator que interpretou o Ciborgue no filme da DC continuou: “Eu ouvi sussurros e rumores de coisas acontecendo nos bastidores, mas nada de concreto até muito mais tarde. Eles nos fizeram ir à San Diego Comic-Con em 2017 e dizer que Zack escolheu Joss e que Joss era um cara legal. Eu ainda tenho o e-mail com esses pontos de discussão”.

Expondo o diretor

Ray Fisher continuou detalhando os motivos que o levaram ao seu ponto de ruptura: “O que deixou minha alma em chamas e me forçou a falar sobre Joss Whedon neste verão foi o fato de eu ter sido informado de que Joss ordenou que a pele de um ator de cor fosse mudada na pós-produção porque ele não gostava da cor de seus tom de pele. Cara, com tudo que 2020 foi, esse foi o ponto de inflexão para mim.”

Fisher também explicou que não era próximo de Snyder e que desconheciam todas as situações nos bastidores: “Você tem que entender, Zack se afastou para ficar com sua família e queríamos dar-lhe espaço para fazer isso. Ele e eu não nos falamos por cerca de um ano depois que ele saiu.”

“Não estou preocupado com as consequências. Estou bem ciente do que está em jogo. Se as pessoas não querem trabalhar comigo porque me recuso a tolerar comportamento abusivo e a cultura de encobrimento da velha Hollywood, então que seja. Se nada mais, vou sair deste negócio do jeito que entrei; livre e por minha própria vontade. Você pode entender isso?”, finalizou Fisher mostrando não ter medo de retaliação.

Formado em administração e psicologia. Adora cartoons, animes e series animadas. Atualmente faz curso de desenho com especialização em cartoons.

ankara escort