Recordista de indicações ao Emmy por Watchmen, Damon Lindelof fala sobre futuro da série

Damon Lindelof (Foto: Divulgação)
Damon Lindelof (Foto: Divulgação)

Quando se fala em um nome de Hollywood que preza pela qualidade em seus trabalhos televisivos, este é Damon Lindelof, que usou as redes para agradecer pelo recorde de indicações ao Emmy que sua série, Watchmen recebeu. Foram 26 no total.

Um dos responsáveis por Lost, e por The Leftovers, ele adaptou ao seu modo os quadrinhos da DC Comics, e viu indicações para Melhor Atriz em série limitada, para Regina King, Ator em Série Limitada para Jeremy Irons, Atriz Codjuvante em série limitada para Jean Smart, Ator Coadjuvante em série limitada para Yahya Abdul-Mateen II, e Joven Adepo, entre outras categorias.

“Não há palavras para descrever como estou hoje, mas aqui estão algumas palavras para descrever: Fiquei chocado, depois aliviado, depois grato, depois oprimido, depois entorpecido e depois envergonhado porque vi a inclinação da mesa e entendi por que tudo deslizava em minha direção. Eu senti o desequilíbrio do altruísmo e da expiação – e sabia que falava demais sobre o primeiro e não o suficiente sobre o segundo. Eu sentia mais orgulho do que pensava ser possível, irradiando ao longo de tantos raios quanto letras no alfabeto… E eu não era showrunner, porque esse programa me dominava, e não o contrário”.

Ele acrescentou: “Para todos os artistas brilhantes que fizeram nossos amados Watchmen, reconhecidos e não reconhecidos, estou transformado para sempre por sua paciência, seu cuidado e sua confiança. Eu não mereço esses dons, mas nunca esquecerei a graça que vocês colocaram ali. Minha gratidão é infinita e sem limites. Obrigado a todos vocês. Um sábio homem me disse uma vez que nada acaba… mas algumas coisas precisam. Essa é a única maneira de começar de novo. Minha parte nesta história acabou. O que acontece a seguir? Deixo inteiramente em suas mãos”, disparou ele sem definir o futuro da atração.