Regina King fala sobre sua personagem em Watchmen; Assista ao vídeo

Regina King em Watchmen
Regina King em teaser promocional de Watchmen (Reprodução/YouTube – HBO)

Baseada na série de quadrinhos de mesmo nome de Alan Moore e Dave Gibbons, Watchmen estreou na HBO em outubro do ano passado e rapidamente conquistou o público e a crítica. Criada para a TV por Damon Lindelof, a produção segue uma realidade onde os heróis são tratados como vilões.

Mesmo que a primeira temporada tenha se encerrado, e o futuro da série seja bem incerto, o programa de ação e drama continua gerando muitos comentários. Em um novo vídeo divulgado pela HBO, Regina King, que na trama vive Angela Abar/ Sister Night – uma detetive da Tulsa Police, falou sobre sua elogiada personagem e a relação com a série.

Assista:

Apesar do presidente de programação da HBO, Casey Bloys, ter indicado ser muito favorável a uma nova temporada, ele disse recentemente que só continuaria caso Damon Lindelof continuasse também. “Seria difícil imaginar fazer a série sem o Damon envolvido de alguma forma”, disse o executivo ao USA Today. “Se ele tem uma ideia, e está empolgado com ela, eu também estarei empolgado; se ele quer fazer outra coisa, é isso o que quero também. A única coisa que Damon tem certeza é que ele não vê possibilidade de continuação dessa história”.

No entanto, para o criador e showrunner do programa, isso não parece algo certo agora, achando bem improvável o seu retorno no momento. “Entendo que a cultura em geral quer uma resposta concreta. ‘Haverá mais ou não haverá mais’. E, infelizmente, a resposta é ‘provavelmente não’. Tenho sido bastante consistente com isso desde que estreamos na Comic-Con”, afirmou.

Lindelof acrescentou: “Quando eu estreei a série, eu a via como no modelo de Fargo e True Detective. Acho que há uma probabilidade muito alta para terem mais temporadas de Watchmen, mas não há tanto para que eu me envolva como showrunner. Essa possibilidade começa a cair. Eu adoraria ver mais, e assistir a mais programas como True Detective ou Fargo, onde outros diretores podem entrar e tentar a sorte. Eu não criei Watchmen, então acho hipócrita dizer que sou o único que pode fazê-lo. Mas também quero deixar espaço, para, se daqui a três, quatro ou cinco anos, eu tiver aquele momento ‘eureka’ em que poderíamos fazer outra vez”.

Além de Angela King, a elogiada produção ainda conta com Yahya Abdul-Mateen II, Don Johnson, Jeremy Irons, Tim Blake Nelson, Jacob Ming-Trent, Andrew Howard, Tom Mison, Sara Vickers, Dylan Schombing, Louis Gossett Jr., Jean Smart e Hong Chau.