Revelação de Brad Pitt pós-Oscar deixa fãs entristecidos

Brad Pitt (Reprodução)

Se a temporada de premiações 2019/2020 trouxe algo de bom, sem dúvida foi o retorno do astro Brad Pitt aos holofotes com Era Uma Vez em Hollywood e Ad Astra. Fechando a corrida com chave de ouro após sua vitória no Oscar, o ator fez uma revelação que não está agradando os fãs.

Ainda durante a cerimônia na qual faturou a estatueta de Melhor Ator Coadjuvante, Brad, que passou um longo tempo longe da mídia trabalhando com sua produtora Plan B, revelou à Entertainment Weekly que pretende fazer o mesmo em 2020 e durante o futuro próximo: “Agora, eu acho que é hora de desaparecer por um tempo e voltar a fazer outras coisas.”

A vitória no Oscar, que aconteceu na noite do último domingo (09), foi a cereja do bolo de uma incrível temporada na qual Pitt foi indicado e levou para casa diversos prêmios por sua ótima atuação no filme de Quentin Tarantino. Mas tudo indica que ele realmente se sente mais confortável nos bastidores, ajudando a produzir sucessos como Moonlight.

Agradecido

Tem sido uma jornada muito especial, e é uma comunidade que eu amo e amigos que fiz nos últimos 30 anos e eles significam muito para mim, de verdade. E eu sinto uma responsabilidade quanto à isso, mais do que qualquer coisa. Mais do que uma corrida da vitória”, completou ele.

Uma das marcas registradas de Brad nas últimas cerimônias tem sido os discursos engraçados, que ele repetiu no Oscar. Mas ao contrário do que muitos podem imaginar, o astro não é muito fã de subir ao palco: “Historicamente eu sempre fui muito ruim com relação à discursos. Eles me deixam nervoso. Eu sei que isso soa antiético dada a profissão que eu escolhi, mas não é necessariamente meu lance“.

O futuro da Plan B inclui o filme Blonde, sobre o ícone Marilyn Monroe, estrelando Ana de Armas e Adrien Brody.

 

 

Comentários