Rian Johnson calou de vez a boca dos críticos chatos de Star Wars: Os Últimos Jedi

Rian Johnson

Só falta um GIF do Rian Johnson fazendo o ‘drop the mic’ para lacrar a boca dos fãs chatos!

Pouco mais de um mês depois da estreia de Star Wars: Os Últimos Jedi, e os fãs não dão trégua na internet, aplaudindo e criticando o filme mais controverso de toda a saga.

Independente de qualquer opinião sobre o trabalho de Rian Johnson, é louvável o esforço do diretor em explicar todas as questões levantadas pelos fãs: os pais da Rey, a origem de Snoke ou a evolução de Luke.

Johnson está dando a cara para bater o tempo todo.

Porém, ele quis calar a boca de todos sobre o plot twist do final do Episódio VIII.

SPOILERS A PARTIR DE AGORA

Luke Skywalker decide voltar e enfrentar Kylo Ren e a Primeira ordem, mas o faz projetando sua imagem a partir da ilha onde está exilado até o campo de batalha, criando uma ilusão de ótica para enganar os seus inimigos, dando tempo para que os rebeldes escapem com vinda. O esforço para criar tal ilusão tem como consequência o sacrifício de sua própria vida, ao mesmo tempo que reacende a chama da esperança perdida.

Os fãs criticavam Johnson sob a acusação que o diretor teria ‘inventado do nada’ tal solução. Até então, nenhum Jedi teria usado a Força dessa forma, e muitos questionaram a validade dessa saída para resolver o duelo final do filme.

E lá foi Rian Johnson, mais uma vez, com muita paciência, explicar tranquilamente as suas decisões como roteirista do longa. E a resposta foi nem lacradora.

Em sete tweets incontestáveis, Johnson mostrou o que parecia ser a biblioteca de sua casa, com vários livros sobre Star Wars e a filosofia Jedi. Um deles é ‘The Jedi Path: A Manual for Students of the Force’, de Daniel Wallace, com ilustração de Ryan Hobson. Qualquer um pode comprar esse livro na Amazon.

Em um determinado ponto, o livro diz o seguinte:

“Doppelganger ou Similfuturus, permite a um Jedi criar uma duplicata de si mesmo ou de um objeto externo, de curta vida e visualmente indistinguível do elemento real. Aqueles que aperfeiçoaram esta habilidade podem criar fantasmas de qualquer pessoa à sua escolha, ou enganar um inimigo para que ele veja mais objetos, como droides, além daqueles que realmente estão presentes.”

Tem gente que ainda se defende dizendo que a obra utilizada por Johnson não faz parte do cânon oficial de Star Wars, mas fica claro que o diretor não tirou uma situação ‘do nada’ para resolver o conflito final de Os Últimos Jedi.

Pelo contrário. Johnson não só calou a boca dos críticos, como também sabe mais de Star Wars do que muito fã chato por aí.

Aliás, tem muito nerd chato pra c*r*lh*, que na verdade é bem burro. How I Met Your Mother passou NOVE TEMPORADAS falando de Doppelgangers, e não à toa, já que Barney, Ted e Marshall eram fãs declarados de Star Wars desde o primeiro episódio!

Drop the mic, Rian Johnson! DROP THE FUCKING MIC!

 

 

Via @RianJohnson

bostancı escort