Robert Pattinson revela preocupação que não tem para viver Batman em novo filme

Robert Pattinson na saga Crepúsculo (Reprodução)

Entre os leitores de quadrinhos possivelmente os mais difíceis de agradar são os fãs do Batman, e eles não ficaram nada satisfeitos quando Robert Pattinson foi escolhido para viver o personagem no novo filme dirigido por Matt Rieves. Historicamente as escolhas de atores para serem Bruce Wayne sempre passaram por rejeição, que o diga Bem Affleck ao ser anunciado como tal em 2013.

A rejeição à escolha de Pattinson se deve às pessoas o conheceram como ator apenas por seu único blockbuster, a saga Crepúsculo. Praticando isolamento social em Londres, longe de sua casa em Los Angeles, ele está sendo mantido pela produção do longa da Warner Bros., que estava trabalhando quando a pandemia causada pelo novo coronavírus obrigou todos a desligarem as câmeras.

Ao ver Pattinson meses depois de seu anúncio como Batman, os fãs novamente colocaram em xeque a escalação devido à forma física do ator, que sempre foi magro, e parecia não estar ganhando massa muscular, conforme aconteceu com seus antecessores, e em entrevista à revista GQ estadunidense, ele explicou que essa não é uma preocupação para ele.

Para fazê-lo melhorar seu condicionamento, a Warner contratou um treinador para ele, mas devido à pandemia, o profissional foi impedido de trabalhar e deixou com o ator apenas uma bola bosu, usada para treinos de estabilidade, e tratamentos fisioterapêuticos, e um único peso, pedindo que ele se esforçasse para usar os materiais, algo que ele está ignorando.

“Eu acho que se você está malhando o tempo todo, você faz parte do problema”, falou ele em entrevista dando uma cutucada em outros atores que se preocupam mais com a forma física do que com a capacidade de atuação. Segundo ele, nunca o físico foi sua prioridade: “A única vez me pediram para tirar a camisa, durante as filmagens de Crepúsculo, acho que pediram para que eu a colocasse de volta”. Ele contou ainda que ligou para Zoe Kravitz, que viverá Mulher-Gato no longa, que revelou estar se exercitando cinco vezes por semanas, enquanto ele: “Literalmente, não estou fazendo nada”, contou suspirando.