Batman (Reprodução)

A escolha de Robert Pattinson como o novo Homem-Morcego se mostra a cada dia mais interessante, especialmente depois que o ator começou a se pronunciar sobre o que pensa do personagem. Em nova entrevista ele reafirma sua visão do Batman e diz que não o vê como um super-herói.

Depois do imenso sucesso da franquia Crepúsculo, onde interpretou o “bom moço” Edward Cullen, Pattinson tem procurado ativamente fugir dessa categoria e interpretar os tipos mais variados e mais complexos de protagonistas. Ao seu ver, o cavaleiro das trevas não é diferente. Quando questionado o que pensava sobre interpretar um super-herói, respondeu:

O Batman não é um super-herói. Isso não conta. Você precisa ter poderes mágicos para ser um super-herói”. E ele não está errado. Bruce Wayne enfrenta todo tipo de vilões e ameaças apenas com sua inteligência, seu traje altamente customizável, o Batmóvel, e é claro, a ajuda sempre bem vinda do mordomo Alfred.

Diferenças

Fora as questões físicas, Rob já havia deixado claro sua opinião sobre o personagem também do ponto de vista emocional e psicológico: “O Batman não é um herói. Ele é um personagem complicado. Eu não acho que poderia interpretar um herói de verdade – sempre tem que ter algo que errado”.

O comentário é claro faz referência às escolhas nem sempre 100% morais de Bruce, diferentemente de digamos, Superman. “A moralidade dele é um pouco estranha. Ele não é o garoto de ouro, diferente de quase todos os personagens de quadrinhos. Existe uma simplicidade na sua visão de mundo, que é ao mesmo tempo estranha, o que te permite ter mais escopo com o personagem”, disse também.

Pattinson já começou seu treinamento físico para o filme de Matt Reeves e as gravações terão início no primeiro semestre de 2020 com elenco formado por Paul Dano, Jeffrey Wright e Zoë Kravitz. The Batman estreia em junho de 2021.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui