Roteirista da DC Comics é acusado de assédio

Capuz Vermelho e os Fora da Lei (Divulgação / DC Comics)
Capuz Vermelho e os Fora da Lei (Divulgação / DC Comics)

Em 2013, o roteirista Scott Lobdell, conhecido por seus trabalhos na HQ Capuz Vermelho e os Fora da Lei da DC Comics, foi acusado de assédio pela cartunista Mari Naomi. O assunto entrou em pauta durante um painel da editora Prism Comics, mas o roteirista negou tais acusações. Nesta semana, Lobdell voltou a ser acusado por de assédio por outras duas artistas.

Tudo começou quando Scott Lobdell fez uma publicação em seu Instragram dizendo que estaria deixando de trabalhar com as HQs do Capuz Vermelho. Na mensagem ele disse: “Estou me afastando do trabalho freelancer restante em Red Hood e The Outlaws, com efeito imediato. A edição 50, em outubro, será minha edição final. Embora eu esteja profundamente agradecido pelos últimos dez anos em um livro que conta a história de um homem tragicamente defeituoso em busca de redenção, eu pareço certo de que minha vaga será preenchida por uma nova voz dinâmica”.

Logo após este anúncio, a artista Tess Fowler foi ao Twitter denunciar o roteirista por tê-la assediado no passado. Ela escreveu: “Quando eu era jovem, Scott estava ‘me ajudando’ a começar nos quadrinhos, como roteirista, etc. Ele também foi até meu trabalho para me encontrar/me assistir sem se apresentar e me disse que eu deveria ir a um evento em outro país com ele para que ele pudesse me amarrar e abusar de mim. Eu espero que isso signifique que ele tenha deixado a indústria de vez”.

Em seguida, outra artista, Alex de Campi, também usou o Twitter para denunciar Lobdell: “Scott Lobdell também tentou isso comigo (eu não dei atenção) e recentemente, há um ano, ele tentou isso com uma jovem artista que eu conheço (ela se aproximou de mim, disse ‘Acho que estou sendo assediada’ e eu respondi ‘Sim, você está’. Bem-vindos à cidade do bloqueio. População: AQUELE CARA)”.

Até o momento, Scott Lobdell não se pronunciou sobre as acusações.

Formado em administração e psicologia. Adora cartoons, animes e series animadas. Atualmente faz curso de desenho com especialização em cartoons.