Roteirista explica motivo pelo qual saiu da equipe do novo Indiana Jones

Harrison Ford em “Indiana Jones” (Paramount)

David Koepp é conhecido com um dos roteiristas mais famosos de Hollywood, e foi responsável por escrever grandes sucessos como Jurassic Park, Missão Impossível, Homem-Aranha (2002), e Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal. Ele estava com trabalho garantido no novo filme da franquia Indiana Jones, mas revelou em entrevista que não faz mais parte do quadro criativo.

Anteriormente boatos surgiram dando conta de que Koepp seria substituído por Jonathan Kasdan, e falou que isso tem a ver com uma postura sua em relação à saída de Steven Spielberg da direção do longa, que agora atuará apenas como produtor executivo.

“Quando James Mangold entrou – e ele merece uma chance de tentar – eu já tinha feito vários filmes com Steven. Quando Steven partiu, parecia o momento certo para sair e deixar Jim (apelido de Mangold) ter sua própria opinião e ter seu próprio roteirista, ou ele mesmo escrever”, disse para o site Collider.

Possivelmente quando o filme começar a ser produzido, ele seja diferente de tudo o que Spielberg havia planejado para ser o último longa de Indiana Jones a ser protagonizado por Harrison Ford. Vale lembrar que o filme faz anos que está para ser produzido, e já teve alguns roteiros descartados. Sobre a entrada de Mangold, o produtor da franquia Frank Marshall recentemente falou que os trabalhos apenas começaram a abordou a escolha de Mangold para a nova direção dizendo que ele tem amor pelos filmes.

“Ele é um cineasta maravilhoso. Acho que ele também tem um relacionamento com Harrison Ford. Então todas as peças foram reunidas da hora certa”, disse, ele enquanto o próprio Mangold também abordou o assunto.

“Como em todo o meu trabalho, estou sempre tentando encontrar um centro emocional para operar. Acho que o mais importante é que, em uma época em que as franquias se tornaram uma mercadoria, é que elas sirvam para o público algo diferente, mesmo que ele tenha o desejo de querer o mesmo que viram no primeiro filme”, explicou.