Roteirista que pediu demissão de Indiana Jones diz o que pensa de novo diretor

David Koepp (Foto: Divulgação)
David Koepp (Foto: Divulgação)

O roteirista de Indiana Jones David Koepp, deixou o projeto para o quinto filme da franquia, após o afastamento de Steven Spielberg, de que de diretor principal, se tornará apenas produtor executivo. Segundo ele, era importante que o filme tivesse uma química correta, caso contrário poderia fracassar, e sem a presença de seu amigo de anos, ele preferiu se afastar. Na direção do projeto e até mesmo escrita do roteiro entrou James Mangold, conhecido por ter dirigido Logan (2017), que Koepp acredita ser o cara ideal justamente por ser extremamente apaixonado pelos filmes protagonizados por Harrison Ford.

“A razão pela qual os filmes de Indiana Jones são tão difíceis é porque é realmente difícil. É difícil. Tem que ser ótimo. O primeiro e o terceiro filmes dessa série são absolutamente amados, e ser amado não é fácil”, disse Koepp em uma entrevista ao site The Hollywood Reporter.

“Então, eu fiz algumas versões de roteiro deste último que achei boas; a última em particular. Mas não deu muito certo. Steven não conseguiu ficar. Simplesmente não aconteceu. Às vezes dá certo, outras não. Mas se haverá outro filme de Indiana Jones, acho que James Mangold é um ótimo cara para explorá-lo. Certamente, o que ele fez com Logan foi notável”, disparou.

Estrela da franquia, Harrison Ford concorda com Koepp em relação ao trabalho, e diz que seu maior desejo não é fazer o que já fez nas telas, e sim surpreender. “Eu realmente não quero dar a eles o que eles querem ver. Quero dar a eles algo que eles não esperavam ver. Acho que estão acostumados a um certo desapontamento quando você revisita – quero dizer, certamente, os filmes da Marvel fizeram um exemplo espetacular de sucesso que funcionou. Eles arrasaram… Bem, não vamos fazer outro Indiana Jones, a menos que tenhamos condições de arrasar também. Queremos que seja o melhor. Portanto, temos alguns problemas de programação, algumas coisas de script ainda a serem feitas, mas estamos determinados a corrigi-lo antes de fazê-lo”, disse o ator. O filme está previsto para chegar aos cinemas em julho de 2022.

Comentários