Roteirista revela quem deu a ideia para as teias orgânicas do Homem-Aranha

Tobey Maguire em Homem-Aranha (Foto: Reprodução)
Tobey Maguire em Homem-Aranha (Foto: Reprodução)

Em 2002 estreou nos cinemas o primeiro filme do Homem-Aranha, que teve a direção de Sam Raimi e foi estrelado por Tobey Maguire. O filme trouxe diversas mudanças no personagem, e uma delas foi a forma como ele atira suas teias. Nos quadrinhos, o amigo da vizinhança se valeu da ciência para criar um atirador de teias, enquanto no filme, o herói atirava as chamadas teias orgânicas através de seus pulsos.

Em uma entrevista para a IGN, o roteirista David Koepp, relatou que antes do Homem-Aranha ir para as mãos de Sam Raimi, a ideia para o filme do herói passou pelas mãos de James Cameron, conhecido por Avatar e Titanic. Koepe realtou na entrevista que Cameron estava levando o herói muito a sério e escreveu várias páginas sobre o filme do teioso, inclusive a ideia das teias orgânicas.

Durante seu relato, David Koepp disse: “Eu tinha muitas ideias específicas sobre o que o filme deveria ser, porque eu era fã do Homem-Aranha quando criança e adulto. Mas o tratamento de James Cameron foi muito influente, ele levou o filme a sério. Levou Peter a sério como personagem e levou a sério um filme de super-herói como gênero. E você nunca tinha visto isso antes. Foi em 2000 e 2001, quando eu estava escrevendo Homem-Aranha e não havia um bom filme de super-herói desde provavelmente o segundo Batman. X-Men ainda estava por vir e saiu, eu acho, enquanto estávamos filmando”.

E acrescentou: “O fato de ele ter escrito esse tratamento de 85 páginas ou o que quer que fosse, era realmente significativo e dizia: ‘não, não, leve isso a sério’. Este é um filme real, com pessoas reais nele. Ele tinha algumas ideias muito boas. Gosto dos atiradores de teias orgânicas, que algumas pessoas gostaram e outras não, mas isso foi a ideia dele e fiquei feliz em usá-la”.