Roteiristas de Vingadores: Ultimato surpreendem ao falar das decisões tomadas para o filme

Christopher Markus e Stepen McFeely
Christopher Markus e Stephen McFeely (Foto: Divulgação)

CONTÉM SPOILER

Não deve ter sido uma tarefa fácil para os roteiristas tomarem algumas decisões do último filme do MCU, Vingadores: Ultimato, como por exemplo, em que momento Thanos estalaria os dedos. Christopher Markus e Stephen McFeely, roteiristas do longa, deram uma entrevista ao New York Times, e falaram um pouco sobre como conciliaram as ideias. Vingadores: Ultimato está em cartaz nos cinemas brasileiros.

“O maior ponto foi provavelmente o Estalar de dedos. E logo percebemos que, se não o fizéssemos no final do primeiro filme, ele não teria fim. E se o fizéssemos cedo demais no primeiro filme, seria um pouco anticlimático depois de você ter matado metade do universo para fazer com que eles tropeçassem por meia hora”, disseram. Sobre o final de cada herói, eles explicaram: “Chris (Markus) e eu escrevemos um documento juntos enquanto estávamos filmando Capitão América: Guerra Civil, e uma das coisas que estávamos interessados em explorar é: você se lembra dos quadrinhos do ‘E se?’? Bem, este é o nosso ‘E se’. Se você perdeu, Thor fica gordo. Natasha torna-se fechada. Steve fica deprimido. Tony continua com sua vida. Hulk é um super-herói”, falaram ainda.

Os profissionais também falaram das dificuldades que sentiram ao usarem os personagens de Pantera Negra e Capitã Marvel, já que esses filmes, de acordo com os roteiristas, estavam sendo rodados quase que simultaneamente.

Personagens

“Não havia muito tempo para ajustar. Não é como se pudéssemos dizer “Depressa, coloque Shuri lá”. Começamos [filmando ‘Guerra Infinita’ e ‘Ultimato’], e quando ‘Pantera Negra’ começou, ainda estamos indo. Eles terminaram. Nós ainda estamos indo. Quando estávamos fazendo as exibições-teste [antes de ‘Pantera Negra ser lançado], e o Capitão América diz: “Eu sei conheço um lugar”, e então você corta para Wakanda, o público diz: “Ah, isso é interessante.” Mas quando fizemos esses testes depois que ‘Pantera Negra’ saiu, tudo que você tem a fazer é o barulho dos tambores e as pessoas surtam. O mesmo problema ocorreu com ‘Capitã Marvel’. Filmamos as cenas de Brie Larson antes de seu próprio filme. Ela está dizendo frases para uma personagem 20 anos depois de sua história de origem, que ninguém escreveu ainda. É doido!”, comentaram.

Eles também falaram sobre como foi trabalhar com a temática viagem no tempo, e revelaram que uma das ideias não foi para frente. “No primeiro rascunho, não voltamos ao primeiro ‘Vingadores’. Nós voltamos para Asgard. Mas há um momento no UCM, se você está prestando muita atenção, onde o Aether está lá e o Tesseract está no cofre. Estávamos interessados em levar Tony para Asgard nesse meio tempo. Ele teria uma armadura furtiva, então ele seria invisível. E ele lutaria com Heimdall, único que podia vê-lo”, contaram.