Ruby Rose conta que tietou ídolo ao atuar com ele e ainda pediu ‘favorzinho’

Ruby Rose em entrevista para o programa de Jimmy Fallon
Ruby Rose em entrevista para o programa de Jimmy Fallon (Reprodução)

Depois de atuar em Batwoman, série da qual pediu para sair após a primeira temporada, a atriz Ruby Rose passou a se dedicar a outro projeto, entre eles o filme The Longest Night, que atua junto com Morgan Freeman. O longa que voltou a ser filmado há pouco tempos seguindo as regras impostas pelo governo americano para cinema e TV, para a atriz foi talvez seu projeto mais especial, justamente por estar na presença de um ídolo. Ela contou em entrevista ao programa de Jimmy Fallon exibido na madrugada desta quarta-feira, 07 de outubro, que chegou a pedir um favor para ele.

“Teve um momento que pensei ‘será que eu ainda sei como atuar?’, mas foi um filme maravilhoso de transição para voltar ao trabalho, depois de ficar tanto tempo sem contato com as pessoas. Trabalhar com Morgan Freeman, ele é um dos meus ídolos de todos os tempos. Um ator maravilhoso, que estava no topo da lista das pessoas com quem eu gostaria de trabalhar. Só que eu não pude deixar de pedi-lo para gravar a minha mensagem de caixa postal. Então, agora as pessoas ligam para mim, e escutam a voz do Morgan”, contou a atriz que riu junto com o apresentador ao ouvir a mensagem que diz “Você ligou para Ruby Rose. Talvez ela te ligue de volta. Talvez…”.

Ela ainda foi questionada como foi o seu período de quarentena e disse que o tempo afastada serviu para mudar alguns pensamentos que tinha sobre si mesma: “Quando a quarentena começou eu pensei ‘é isso aí. Eu fui feita para essa vida’. Eu não precisava inventar desculpas para não ir aos lugares fazer coisas, pensei ‘vou passar muito mais tempo com meus cachorros’, e depois de duas semanas eu já estava ‘ah, eu não fui feita para essa vida’. Então eu realmente preciso de uma conexão humana. Isso me fez perceber, que agora eu ligo muito mais para a minha mãe, que eu preciso ver com mais frequência como meus amigos estão, não apenas ficar olhando suas fotos no Instagram e pensar ‘Oh, eles estão na praia, estão bem’. Não. Preciso realmente ligar para as pessoas. Eu descobri que estou muito mais próxima dos meus amigos agora, e sou muito abençoada por isso”