Rumor revela possível ator para interpretar Freddy Krueger em novo A Hora do Pesadelo

Hora do Pesadelo (Reprodução)

Robert Englund deve retornar à interpretação do papel de Freddy Krueger em um novo filme da franquia A Hora do Pesadelo, segundo informações do We Got This Covered. 

De acordo com a publicação, a informação deve ainda ser tratada como rumor, por ainda não ter sido confirmada, porém, ela veio justamente da fonte que falou pela primeira vez sobre uma nova produção da franquia Pânico, que posteriormente foi concretizada. 

A ideia ainda está em estágio embrionário e por isso ainda vem sendo encarada como um boato, mesmo que informações deem conta que Englund já está em negociações com a SpectreVision sobre o papel. Outros detalhes sobre o novo terror ainda não foram revelados não se sabe ao certo se a nova produção será um longa para o cinema ou até mesmo se trata de uma série para TV. 

A produção deve ser um reboot do filme original, lançado em 1984, escrito e dirigido por por Wes Craven, morto em 2015, que contou com a participação de nomes como Johnny Depp, Ronee Blakley, Heather Langenkamp, Amanda Wyss, e Nick Corri no elenco. 

A franquia se tornou um dos maiores nomes do subgênero slasher, que contou com cerca de seis filmes e um também um remake, arrecadando cerca de US$ 583 milhões em bilheterias mundiais e figurando o Top 3 dentre as sagas de terror mais lucrativas da história, atrás apenas de Sexta-Feira 13, que embolsou a bolada de US$671,5 milhões e Halloween com US$620,4 milhões.

Em entrevista recente ao site Bloody Disgusting, o diretor Mike Flanagan revelou que já tem ideias para caso o novo filme de A Hora do Pesadelo, de fato saia do papel. “Eu tenho uma ótima ideia [para um novo filme]. É muito boa”, disse ele, que continuou: “Estou doido para chegar lá e contar para eles. Se pudermos fazer isso, vai ser muito legal”, contou Flanagan.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.