Dwayne “The Rock” Johnson em Velozes e Furiosos (Imagem: Divulgação)

De realidades praticamente opostas, é difícil pensar em uma narrativa em que The Walking e Velozes e Furiosos: Hobbs e Shaw convivam em um mesmo universo. Dwayne Jonhson imaginou, e ainda sugeriu um crossover entre as duas produções pegando muita gente de surpresa. 

Tudo começou quando o diretor da série de zumbis, Robert Kirkman, publicou um tweet no qual repetia várias vezes o título de Hobbs & Shaw. Ao tomar conhecimento, The Rock respondeu sugerindo o encontro das duas produções. “Quando o criador de The Walking Dead ama Hobbs & Shaw. Eu cheiro nossos universos se encontrando nas telas”, escreveu ele. 

Velozes e Furiosos: Hobbs e Shaw está em cartaz nos cinemas. Já The Walking Dead entra para a sua 10ª temporada em outubro, na AMC. 

Bilheteria

Apesar do desempenho satisfatório no primeiro final de semana de estreia nos Estados Unidos, onde o filme conseguiu 60,8 milhões, enquanto no restante do mundo arrecadou 180 milhões, Hobbs e Shaw tem sido considerado um dos maiores fracassos da franquia Velozes e Furiosos. A aposta de juntar Dwayne Johnson, Jason Statham e Idris Elba, na pele do vilão não foi capaz de melhorar a audiência do longa. 

Apesar dos números impressionantes, o resultado é o mais baixo de todas as produções da saga Velozes e Furiosos. Apesar de ser esperado números menores por ser um derivado, imaginava-se maiores cifras de Hobbs e Shaw pelo orçamento investido de US$ 200 milhões, praticamente o mesmo de todos os filmes da franquia, só perdendo para o Velozes e Furiosos 8, que teve 250 milhões. O roteiro é assinado por Christian Morghan, e a direção do filme ficou sob a responsabilidade de David Leitch. 

https://twitter.com/TheRock/status/1158884830437883904

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui