Saiba como Lea Michele tem reagido a todos os posicionamentos de seus ex-colegas

Lea Michele
Lea Michele (Reprodução)

De acordo com jornal americano, a atriz Lea Michele tem chorado todos os dias, ao tentar lidar com as acusações não só de racismo que sofreu nos últimos dias, como devido ao seu comportamento muitas vezes tido como desagradável por seus colegas de elenco da extinta série Glee.

“Ela teve uma verdadeira chamada para acordar. Não é fácil escutar as pessoas falando sobre você dessa forma. É um choque total”, disse uma fonte secreta ao jornal The New York Post. Outra fonte, que se diz amiga pessoal de Lea, diz que ela tem chorado diariamente, sobretudo por estar mais emotiva devido ao sétimo mês de gestação.

“Ela é emocional e eu sei que houve lágrimas. É muito estresse. Os sets são lugares voláteis, mas não há desculpas para o comportamento dela e ela sabe disso”.

Tudo isso começou depois que Samantha Ware, que trabalhou com a atriz em Glee, criticou um post feito por ela numa rede social. Lea Michele havia apoiado na publicação as manifestações em prol do movimento Black Lives Matter, mas Ware expôs sua ‘hiprocrisia’, relatando que a estrela tinha atos racistas com ela nos bastidores. Com isso, outros atores começaram a se manifestar de diversas formas.

Outra fonte ouvida pelo jornal, que já trabalhou com a atriz no passado, revelou que as acusações são verdadeiras: “Lea era malvada com muitas pessoas que agora estão aproveitando a oportunidade para se apresentar. Ela pode não ser a pessoa mais legal, mas não é racista, sexista e transfóbica. Eu diria que ela tem problemas comportamentais com os quais está lidando. Ela está ouvindo o que todo mundo diz e quer se desculpar. Este é o seu passado e ela quer lidar com as coisas com responsabilidade”, explicou.

Lea chegou a pedir desculpas de como seu comportamento foi “percebido” por seus colegas, e foi criticada por não assumir a culpa. Samantha Ware inclusive, debochou do pedido de desculpas, e pediu que ela se desculpasse de forma real, ajudando alguma instituição de apoio a pessoas negras.