Apple TV+
Apple TV+ (Divulgação)

O Vice Presidente de Serviços e Softwares para Internet da Apple, Eddy Cue, deu uma entrevista ao Britsh GO, e falou que o Apple TV+ não terá apenas conteúdos voltados para a família, mas sim para adultos também. De acordo com ele, a ideia de criar produções originais não vai impedir que as obras sejam mais ou menos apropriadas para certos públicos.

Cue citou o exemplo da série The Morning Show, com Reese Whiterspoon e Jennifer Anniston: “Algumas das coisas que acontecem com elas definitivamente não são apropriadas para se assistir com uma criança de oito anos”, falou. “No fundo, [a Apple] está tentando criar séries para todos. Então temos algumas que são dedicadas para crianças pequenas, e temos outras que são dedicadas para adultos maduros. Então, faremos muitas séries diferentes e o que faremos será, quem sabe, criar as melhores séries da TV”, explicou ainda.

Conteúdos adultos

O executivo ainda falou que as séries poderiam ter linguagem mais adulta, significando que outras exigências da empresa serão descartadas, mesmo que o serviço planeje conteúdo para gente mais velha. Um exemplo é que a Apple conseguiu os direitos autorais de uma série produzida por M. Night Shyamalan, mas pediu que a série não tocasse em assuntos religiosos ou políticos. Uma série sobre a vida do rapper Dr. Dre foi cancelada, por causa do seu conteúdo, que envolvia armas, orgias e drogas.

Ainda não há data de lançamento do novo streaming, mas há rumores de que a empresa não quer associar esses conteúdos mais pesados à sua imagem. A previsão é de que o Apple TV+ seja lançado no segundo semestre deste ano.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui