Avatar (Foto: Divulgação)

O filme da Marvel, Vingadores: Ultimato, está a US$ 7,2 milhões para ultrapassar a bilheteria de Avatar, lançado em 2009. O filme de James Cameron arrecadou US$ 2,788.0 bilhões, enquanto Ultimato chegou a US$ 2,780.2 bilhões neste último final de semana. Titanic ficou atrás, com US$ 2,187 bilhões de bilheteria.

Para ajudar nessa corrida, Vingadores: Ultimato ganhou uma versão estendida, incluindo uma introdução especial de Anthony Russo, o diretor. Também incluíram uma cena deletada do Hulk, uma homenagem a Stan Lee e uma prévia de Homem-Aranha: Longe de Casa. A versão chegou nos cinemas no último dia 11. Apesar de ainda não ter conseguido conquistar a maior bilheteria dos cinemas na história, Ultimato foi o longa mais rápido a chegar a US$ 1 bilhão, e com apenas 11 dias passou dos US$ 2 bilhões.

Homem-Aranha: Longe de Casa

Homem-Aranha: Longe de Casa também está sendo uma aposta para ajudar na corrida de bilheteria de Vingadores: Ultimato. Em tempo, o diretor Jon Watts, que comandou o novo filme do teioso, disse ao Comic Book que não sabia do destino de Tony Stark, quando planejou o filme Longe de Casa. “Eu não tinha a menor ideia. Quando finalmente descobri, entendi que aquilo não era algo que eu poderia simplesmente mencionar e continuar como se nada tivesse acontecido. A partir daquele momento o filme tinha de ser sobre aquilo [a morte de Tony]. Não tinha como não ser. De qualquer forma, me ajudou a focar no tipo de história que eu estava querendo contar”, falou.

Por sorte, as mudanças vieram para melhorar a trama. “De certa forma, senti como se o que aconteceu serviu para que eu contasse o tipo de história que as pessoas querem ver. Então sim, mesmo que [Tony] não seja um substituto direto do Tio Ben, ele definitivamente tornou possível a exploração de temas similares”, finalizou.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui