Versão americana de “The Office”, estrelada por Steve Carrell e John Krasinski.
ANÚNCIO

Foi revelado qual o conteúdo licenciado mais assistido da Netflix americana, e trata-se da festejada série The Office, que foi lançada há exatos 15 anos. A revista Variety informou que a atração foi vista por 198 mil usuários na primeira semana de março, a partir do dia 02.

O segundo lugar é ocupado por Schitt’s Creek, que encontra-se em sua última temporada, com 112 mil pessoas tendo conferido seus episódios. Depois, com 100 mil espectadores cada, vem Parks and recreation e Good Girls.

A Netflix também se destacou com produções próprias, porém com um número bem menor de acessos, com ‘The Trials of Gabriel Fernandez‘, com 3 milhões, e ‘O Amor é Cego‘, com três milhões e meio.

Mas veja que curioso: o público brasileiro não tem acesso às nove temporadas The Office na Netflix, e sim na plataforma de streaming concorrente, a Amazon Prime Video.

Cabe lembrar, John Krasinski revelou se aceitaria fazer uma reunião de The Office na TV. “De muitas maneiras, aquelas pessoas serão sempre as pessoas mais importantes da minha carreira”, iniciou ele em uma entrevista para a revista Esquire.

“The Office era absolutamente tudo para mim. Quero dizer, é o meu começo e o meu fim. Tenho certeza de que, no final da minha carreira, ainda serei reconhecido como Jim. Essa foi a minha primeira experiência com Hollywood. Foi a primeira família criativa que já tive. Então, sim, se eles fizessem uma reunião, eu adoraria fazê-lo”, completou o ator, que teve adiado o lançamento de Um Lugar Silencioso – Parte 2 por conta do surto mundial de coronavírus.

Aliás, Bob Greenblatt revelou que realmente cogita a volta do seriado. “Falei com Greg Daniels sobre fazer um reboot de The Office, há tempos. Ele tem vontade de fazer e, na verdade, tem até uma ideia para isso”, disse o ex-chefe da NBC recentemente.

Comentários

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui