Saiba qual ator foi contra o novo rumo da trama de Thor: Ragnarok

Mark Rufffalo, como Hullk em Tho: Ragnnarok (imagem: Divulggação)

Apontado como responsável por revolucionar a história do Deus nórdico dentro do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU), Thor: Ragnarok foi muito bem aceito tanto em público quanto crítica, porém, algumas das mudanças, que para muitos foram o motivo para reerguer a saga do herói, foi motivo de stress para alguns nomes que estavam envolvidos na série, como o ator Mark Ruffalo, atual intérprete do Hulk.

Logo no primeiro trailer do longa, no qual o protagonista aparece em uma arena de gladiadores, Hulk aparece muito animado, mas Chris Hemsworth, que está na pele de Thor e que os seus colegas estavam pouco resistentes a nova abordagem.

Ruffalo, especialmente, tinha suas dúvidas sobre a velocidade e o senso de humor dentro da história que os produtores pretendiam trazer, e chegou a demonstrar preocupação sobre a questão durante as filmagens do filme. O caso foi revelado pelo ator durante a ACE Comic-Con, que aconteceu no último fim de semana, na qual contava também com uma improvisação que era exigida em uma das cenas do filme.

“Lembro-me de Mark Ruffalo olhando para mim e dizendo: ‘Estamos estragando este filme? Estamos destruindo esses personagens?’. Tessa também estava como: ‘Do que estou fazendo parte. O que estou fazendo?’”, contou ele.

Vale lembrar que o próximo filme da franquia se intitula Thor: Amor e Trovão e vai contar com Hemsworth mais uma vez na pele do Deus nórdico, que tem estreia prevista para novembro de 2021. Além disso, a produção também vai contar com a atriz  Tessa Thompson, como uma  versão feminina do personagem principal.

Em entrevista recente à Variety, Taika Waititi, revelou detalhes do novo projeto. “Não temos certeza se vamos incluir a história completa. Essas coisas mudam durante as gravações e até mesmo durante o processo de edição. Podemos resolver fazer algo diferente, [a Jane] pode não aparecer doente”, revelou.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.