Saiba qual atriz de Círculo de Fogo vai fazer parte de Tokyo Vice no HBO Max

A atriz Rinko Kikuchi (Imagem: Divulgação / Paramount)

A atriz Rinko Kikuchi, famosa pelos seus trabalhos em produções como Babel e Círculo de Fogo, foi escalada para integrar o elenco de Tokyo Vice, nova série da HBO Max.

Na produção, ela vai interpretar a supervisora de Jake Adelstein, papel interpretado por Ansel Elgort, o primeiro jornalista estrangeiro a trabalhar no maior jornal do Japão. Rinko se junta ao time que já conta com Ken Watanabe, Ella Rumpf e Odessa Young.

Ken Watanabe será Hiroto Katagiri, detetive da divisão do crime organizado do Departamento de Polícia de Tóquio, e que vai compor como referência de pai para Jake ao longo da série e ajuda a guiá-lo pela linha fina e muitas vezes precária entre policiais e o mundo do crime organizado.

A primeira temporada do seriado vai contar com dez episódios encomendados pela plataforma de streaming do grupo HBO. J.T.Rogers (Oslo) assina o roteiro, que é uma adaptação do livro de não-ficção escrito por Jake Adelstein, que narra em primeira pessoa a sua vivência com o crime organizado japonês. O título ainda não tem data de estreia prevista. A HBO Max tem lançamento para ainda este ano nos Estados Unidos.

Tokyo Vice conta a história de vida de Jake Adelstein e conta com Michael Mann como showrunner da trama, além de estar à frente da direção. O cineasta marca por ter sido indicado ao Oscar em quatro ocasiões com Colateral, Fogo Contra Fogo, O Último dos Moicanos e Inimigos Públicos, filmes policiais de ação e aventura, que se tornaram a identidade da carreira do diretor.

Cabe ressaltar que inicialmente o posto de direção tinha sido atribuído a Daniel Cretton, assim como foi noticiado pelo site Screen Rant. Ele, no entanto, não foi confirmado no projeto e agora está à frente da adaptação dos quadrinhos de Shang-Chi.

Amante das diversas formas de expressão cultural. Viciado em séries, e sempre por dentro das últimas novidades do cinema. Ama dramas e sempre tenta dar uma oportunidade para as fantasias, distopias e os longas de ação e terror.