Saiba quem convenceu Chris Evans a aceitar o papel de Capitão América

Lisa Evans e Chris Evans
Lisa Evans e Chris Evans (Reprodução)

Chris Evans se despediu de seu papel como Capitão América em Vingadores: Ultimato. Por dez anos, o ator deu vida ao herói patriota, e foi catapultado para o time das grandes estrelas de Hollywood, e muito disso foi graças à sua mãe, Lisa Evans. Ela contou em uma entrevista à revista Esquire que incentivou o filho a aceitar o papel, quando nem ele próprio sabia se queria isso.

Até então a carreira de Evans era composta de filmes como Quarteto Fantástico, da Fox, e algumas comédias adolescentes, em que seus personagens se reduziam a mostrar o corpo trincado de musculação na tela. Lisa explicou que a maior dúvida de Chris era perder um certo anonimato, que até então ele possuía, pois sabia que entraria para uma franquia extremamente grandiosa.

“Seu maior medo era perder o anonimato”, disse. “Ele disse: ‘Agora tenho uma carreira em que posso fazer um trabalho que realmente gosto. Eu posso passear com meu cachorro. Ninguém me incomoda. Ninguém quer falar comigo. Eu posso ir para onde eu quiser. E a ideia de perder isso é aterrorizante para mim'”, começou.

“Ele me ligou e pediu meu conselho”, explicou a mãe coruja. “Eu disse a ele: ‘Olha, você quer trabalhar como ator pelo resto da vida? Se você fizer esse filme, terá essa oportunidade. Você nunca terá que se preocupar se vai conseguir pagar o aluguel. Se você aceitar o papel, terá que decidir: isso não afetará negativamente minha vida – isso permitirá coisas acontecerem’”, disse ela sobre a forma como aconselhou o filho a viver o herói.

Uma história conhecida sobre o Capitão América, é que ele poderia ter sido interpretado por John Krasinski, que chegou a fazer testes para o papel, mas não foi aprovado. Krasisnki e Evans são amigos, e já apareceram juntos em uma peça publicitária feita para o Super Bowl, e vez ou outra comentam sobre o personagem publicamente.

 

Comentários