Saiba quem fará participação especial na 2a temporada de Star Trek: Picard

Robert Picardo em Star Trek (Foto: Divulgação)

Segundo informações do site Cine Pop, Robert Picardo afirmou que fará uma participação especial na segunda temporada de Star Trek: Picard. O ator ficou conhecido por interpretar o personagem Doc em Star Trek: Voyager. Ele também revelou que fará parte de uma experiencia imersiva chamada Star Trek: The Cruise IV, que acontecerá em 2021.

No cruzeiro, Robert Picard interpretará seu personagem no quiosque Emergency Medical Holographic Program, a interação acontecerá quando um turista decidir apertar um botão e o ator aparecerá em vários vídeos. Foi revelado que ele aparecerá usando o traje do figurino de Star Trek: The Next Generation.

Star Trek: Picard é uma série exibida na CBS All Access, a primeira temporada estreou no dia 23 de janeiro de 2020. O seriado se passa 18 anos após Star Trek: Nemesis e mostra Jean-Luc Picard extremamente afetado pela morte de Data e do planeta Romulus. No IMDb, a série tem nota 8 / 10. No Rotten Tomatoes tem 90% de aprovação da critica especializada e 64% de aprovação pelo público.

Confira abaixo alguns comentários sobre a primeira temporada:

“Picard leva o imprevisível a uma série que conta com finais felizes há tanto tempo; crescemos agora e somos capazes de ver mais deste universo, bom e ruim” – Ciaran Kerr, Film Bunker.

“‘Star Trek: Picard’ é uma série que leva tempo para começar, e que, uma vez iniciada, não é 100% convincente para continuar” – Alberto Carlos, Espinof.

“Picard é um Trek completo, cheio de dilemas éticos espinhosos, alegorias sociais, almirantes sinistros e uma corrente de otimismo apesar de tudo” – Marissa Martinelli, Slate.

“Star Trek: Picard parece mais magro e com menos episódico do que as séries anteriores, jogando como um thriller de ação misterioso com menos floreios de filosofia e guarda-roupa” – Brad Newsome, Sydney Morning Herald.

“Em vez de ousadamente entrar nas profundezas do espaço, Picard está muito mais interessado em explorar as profundezas de seu famoso líder. Ao fazer isso, a série mais do que justifica sua existência na era atual da nostalgia” – Brandon Katz, Observer.

Formado em administração e psicologia. Adora cartoons, animes e series animadas. Atualmente faz curso de desenho com especialização em cartoons.